Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Pegadinha de terror do SBT perde força na internet

Brincadeira para promover o longa ‘Poltergeist’, que estreia dia 21 de maio, teve apenas 380.000 visualizações no YouTube em três dias

poltergeist

poltergeist (VEJA)

Depois de pegadinhas com zumbis e fantasmas, outro clássico assustador foi tema de uma brincadeira do Programa Silvio Santos. Desta vez, o vídeo, exibido no último domingo no programa, promove o remake do longa de 1982 Poltergeist, que estreia no dia 21 de maio no Brasil. Apesar dos esforços para torná-lo viral, o vídeo divulgado há três dias no YouTube só teve 380.000 visualizações até agora, número bem abaixo das mais de 15 milhões de visitas recebidas pela brincadeira de zumbis no metrô feita em março.

Leia também:

Nova pegadinha de Silvio Santos vai promover ‘Poltergeist’

Depois de zumbis, SBT põe Menina Fantasma no metrô

No vídeo, fenômenos paranormais acontecem em uma casa onde estão uma babá — a vítima da pegadinha — e uma menina, que mantém contato com fantasmas pela tela de uma televisão. A música é característica de longas de terror e a produção não economiza nos efeitos especiais.

‘Poltergeist’

Lançada em maio de 2015, a pegadinha teve recepção morna nas redes sociais. Após três dias de lançamento, o vídeo tinha apenas 380.000 visualizações. Na brincadeira, coisas estranhas começam a acontecer quando uma babá é chamada para cuidar de uma menina em uma casa mal assombrada. 

Menina Fantasma ataca no metrô

Primeiro grande sucesso do SBT em pegadinhas, a Menina Fantasma foi notícia até no exterior em 2012, quando foi lançada no Programa Silvio Santos. Agora, volta para assombrar os passageiros do metrô do Ceará, que no final de março de 2015 sofreram um “ataque” de zumbis.

Zumbis no Metrô

Na onda do sucesso de outras pegadinhas de terror, Silvio Santos investiu na produção dos Zumbis no Metrô. Para a filmagem, foram necessários 70 figurantes, que passaram por 10 horas de caracterização para se tornarem “zumbis”. As gravações duraram dois dias e ocorreram à noite, quando o metrô fica mais vazio.

‘Annabelle’

A boneca Annabelle é a estrela de nova pegadinha de terror de Silvio Santos. O cenário da pegadinha foi a Residência Joaquim Franco de Melo, um casarão localizado na Avenida Paulista. Na brincadeira, duas pessoas que não sabem de nada são contratadas para a limpeza de alguns cômodos da casa. Elas começam pelo quarto de um bebê, um ambiente intrigante com bonecas, livros e quadros antigos e, claro, a boneca Annabelle, sentada placidamente em uma cadeira de balanço. O terror tem início após o choro de um recém-nascido ecoar de um berço vazio. 

 

Menina-fantasma

A sequência em que uma menina-fantasma assusta pessoas dentro de um elevador, exibida em 2012, virou assunto na imprensa internacional, como no tabloide britânico The Sun e no site americano Gawker. Os veículos consideraram a piada muito assustadora e questionaram os limites do formato conhecido como “câmera escondida”. “A pegadinha chega a ser uma tortura”, avaliou o Gawker. O The Sun comparou o vídeo às cenas do filme de terror O Chamado. No YouTube, a gravação atingiu a marca de 32 milhões de visualizações.

‘Carrie, a Estranha’

A campanha de divulgação do filme Carrie, a Estranha assustou muita gente em Nova York, em outubro de 2013, e serviu de inspiração para mais uma pegadinha terrível de Silvio Santos. Nela, um café serve de cenário para atores simularem cenas parecidas com as do longa de terror e pegarem os frequentadores de surpresa. O vídeo no YouTube foi visto mais de 4 milhões de vezes.

 

Chucky

Em novembro de 2013, após o sucesso da pegadinha da menina-fantasma em seu programa de domingo, Silvio Santos voltou a aterrorizar as pessoas com um personagem bem conhecido do cinema. Chucky, o boneco serial killer da franquia Brinquedo Assasino, foi o protagonista de uma das pegadinhas assustadoras do programa. A brincadeira aconteceu na rua, com um boneco similar ao do vilão do filme de terror. No YouTube, o vídeo teve mais de 19 milhões de cliques.