Patrick Stewart e Ian McKellen se beijam em entrega de prêmio

Os intérpretes do Professor Xavier e de Magneto já trocaram um selinho em 2015

Durante a cerimônia do Empire Film Awards, em Londres, Patrick Stewart e Ian McKellen protagonizaram a cena mais inusitada do evento: um beijo em pleno palco. McKellen, que interpreta o vilão Magneto nos filmes da franquia X-Men, agraciou o colega (o eterno Professor Xavier) com o Legend Award, prêmio pela contribuição do artista para o cinema.

Após Stewart subir ao palco para receber o prêmio, Ian beija o ator e o parabeniza pelo prêmio. “Finalmente! Esta noite está começando a fazer sentido (…) Ele é um dos meus heróis pelo jeito que apoia suas causas. Ele é o ator que as pessoas da minha geração gostariam de ser”, afirmou Ian.

Em seus agradecimentos, Stewart faz uma citação ao filósofo alemão Friedrich Nietzsche. “O sucesso é um impostor. Ele esconde a falha, a ferida e a dúvida fundamental no cerne do ‘ser’ dos artistas. Bom, eu só citei isso porque queria ser o único ator da história a citar Nietzsche. Mas, às vezes, senhor Nietzsche, o senhor tem razão”, afirmou.

O beijo fez a alegria dos fãs da franquia – mas não pela primeira vez. Os dois já trocaram um selinho em 2015.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Basta assistir o The Graham Norton show de 24 de fevereiro de 2017 para perceber que eles também se beijaram quando se encontraram.

    Curtir

  2. amaurilio sampaio

    A turma dá vejinha deve ter tido vários orgasmos, depois dá frustração com a bela e a fera.

    Curtir

  3. Hattori Hanzo

    …qual o problema?
    Não São mutantes?

    Curtir

  4. Rodrigo Reis

    kkkk, boa Hattori Hanzo!

    Curtir

  5. José Carlos Lopes de Oliveira

    Para tudo tem um limite. Eles extrapolaram.

    Curtir

  6. Que nojento!!!

    Curtir

  7. YOUSSEF NASER ISSA

    Eles chamam isso de liberdade , como sou livre e democratico, uso minha liberdade e chamo isso de nojeira, viva a liberdade.

    Curtir

  8. Nooooossssaaaa, que contravenção!
    Pau neles!
    Se liga, Veja, deixa os gays se amarem em paz. Nem tudo é protesto ou ato político.

    Curtir