Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Papa lançará álbum – com sua própria voz

Após ter apostado em bandas como Nirvana e Guns N’ Roses e astros como Elton John e a Rainha do Disco, Donna Summer, a gravadora Geffen assinou contrato com um “novo artista”: o papa. O álbum com Bento XVI nos vocais será lançado no dia 30 de novembro – a tempo, portanto, para as compras do Natal. A vantagem é de um público-alvo de cerca de um sexto da população mundial.

Batizado de Alma Mater, o CD irá trazer uma oração cantada e sete litanias recitadas em latim, italiano, francês, alemão e até português. A voz de Sua Santidade, retirada de transmissões da Rádio Vaticano, será acompanhada pelo coro da Academia Filarmônica de Roma, gravada na basílica de São Pedro, e pela Orquestra Filarmônica Real, gravada nos da Abbey Road, em Londres.

Segundo o presidente da gravadora no Reino Unido, Colin Barlow, Alma Mater irá muito além do catolicismo. “O maravilhoso a cerca do papa é que ele tem um tom de voz fantástico, muito suave, mas autoritário”, avaliou, segundo reportagem do jornal The Times. “Não é só um disco religioso. É uma incrível e encantadora obra musical”. Três produtores trabalharam no álbum, conta Barlow, para dar um toque “multicultural, com influências africanas, inglesas e italianas”.