Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Padre Fábio de Melo é criticado por pregação sobre violência doméstica

Um vídeo antigo do padre Fábio de Melo foi resgatado por internautas no último domingo e se tornou um dos assuntos mais discutidos da internet. No trecho em questão, de uma pregação do sacerdote realizada no final de 2006, ele alerta as mulheres que denunciem seus agressores e enfatiza que uma pessoa só se torna vítima de violência doméstica se ela não o denunciar.

Leia também:

Padre Fábio de Melo posa com travesti: ‘Não cabe julgamento’

“Eu sempre digo: as mulheres que são agredidas fisicamente por seus maridos, no dia em que ela recebe a primeira agressão, ela que vai determinar pra ele se ele vai ter o direito de agredi-la a vida inteira ou não, é o jeito como ela olha pra ele, não é nenhuma palavra e nenhum grito que vai dizer ‘não me bata’, é o seu jeito de ser mulher”, diz o padre em vídeo.

O vídeo rapidamente viralizou nas redes sociais, causando espanto e revolta. “Padre Fábio de Melo diz que o silêncio da vítima contribui pra manter a violência. Assim como ter dinheiro contribui para assaltos continuarem”, ironizou uma pessoa no Twitter. “Padre Fábio de Melo dando um show de culpabilização da vítima”, escreveu outro.



Com a repercussão, o padre decidiu pedir desculpas em seu perfil no Twitter. “Peço perdão. Eu nunca pretendi dizer que a vítima é culpada. Apenas salientei que a não denúncia reforça o agressor. É muito desconfortável ser promotor do que abominamos. Culpar a vítima é abominável. Se fui infeliz na linguagem, resta-me retratar.”

(Com Estadão Conteúdo)