Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Os melhores restaurantes contemporâneos e variados de Salvador

Confira os estabelecimentos da categoria que valem a visita, além de opções de cozinhas espanholas, francesas, naturais, orientais e portuguesas

O roteiro a seguir, com 33 estabelecimentos, integra a edição de VEJA COMER & BEBER Salvador 2017/2018:

A Casa Vidal: melhor contemporâneo/variado eleito pelo júri
O salão não é dos maiores — são apenas 60 metros quadrados —, mas não há como negar que este restaurante está entre os mais agradáveis da cidade. Com iluminação indireta, o ambiente exibe o bom gosto de Viviane, mulher de Juan Vidal, chef à frente da cozinha. Embora a casa aposte em um clima informal, o serviço ali é impecável. Viviane não abre mão das mesas forradas com toalhas brancas nem dos guardanapos de pano, também cuida pessoalmente da escolha dos setenta rótulos que integram a carta de vinhos. Na seleção etílica, encontram-se sugestões como o Embocadero Ribeira del Duero Tempranillo 2013 (R$ 130,00) e ainda as jarras de sangria (R$ 50,00, com 1 litro), bebida emblemática da Espanha, país de origem de Juan. É igualmente proveniente da terra natal do cozinheiro a inspiração para o combinado de tapas (R$ 33,00), que reúne quatro variedades, entre elas a tortilha de batata e chorizo. Na sequência, vêm à mesa, por exemplo, o risoto de polvo finalizado com queijo de cabra (R$ 68,00) e a típica paella (R$ 62,00), que contém frango, chorizo e frutos do mar. Exceto no período de defeso (entre dezembro e maio), o cardápio apresenta diversos pratos com lagosta. Um deles é a versão à thermidor (R$ 89,00), na qual o crustáceo é grelhado e guarnecido de risoto de queijo brie e alho-poró mais molho de mostarda à parte. No arremate, a maioria aposta nos churros servidos com sorvete de tapioca e calda de doce de leite ou chocolate (R$ 18,00). Em 2015, dez meses após abrir as portas, o restaurante foi eleito a revelação da temporada pelo júri de VEJA COMER & BEBER. As expectativas, como se vê, estão confirmadas: o endereço vive cheio (recomenda-se, portanto, fazer reserva) e sagra-se, nesta edição, campeão em sua categoria. Rua Afonso Celso, 294, Barra, ☎ 3565-8008 e 99315-5052 (35 lugares). 19h/23h (qui. a sáb. até 0h; fecha dom.). Aberto em 2014. $$$

2º lugar: Origem
Na mais celebrada novidade gastronômica de Salvador, a refeição tem ritmo próprio. Em uma afinada dança entre cozinha e salão, a ideia da dupla de chefs Fabrício Lemos e Lisiane Arouca é surpreender os comensais em uma sucessão de treze etapas que compõem o menu degustação, renovado diariamente. As sugestões, muitas levadas à mesa s obre peças de cerâmica e em  recipientes de pedra ou de madeira, são reveladas apenas na hora do serviço, quando os garçons se encarregam de uma descrição detalhada. Iniciado por um drinque à base de cachaça e frutas da estação, o jantar prossegue com snacks como o sanduíche de pão delícia recheado com carne de panela. O couvert, que traz ingredientes típicos, a exemplo do requeijão-manteiga e da carne de fumeiro salteada com abobrinha, antecede entradas como o peixe curado guarnecido de molho beurre blanc, à base de manteiga com limão, mais pó de beterraba e crocante de milho. A continuidade pode ficar por conta do camarão grelhado servido com nhoque de banana-da-terra sobre molho de moqueca. A harmonia de sabores continua presente quando chega a hora dos doces. Sob a batuta da chef pâtissière Lisiane, mulher e sócia de Lemos, chegam à mesa duas sobremesas, como o creme de limão com morango, suspiro, manjericão, farofa crocante e sorvete de carvão vegetal. A refeição custa R$ 160,00 por pessoa ou R$ 280,00 na versão harmonizada com ao menos seis vinhos. Atendendo exclusivamente mediante reserva, a casa vem trabalhando com fila de espera de duas semanas. Alameda das Algarobas, 74, Caminho das Árvores, ☎ 99202-4587 (47 lugares). 19h30/0h (fecha dom. e seg.). Aberto em 2016. $$$$

3º lugar: Lafayette
Dentro da Bahia Marina, com vista escancarada para a Baía de Todos-os-Santos, o menu sugere começar com o camarão ao bafo (R$ 164,00), preparado com vinho branco, tomate, cebola-roxa, pimenta, cheiro-verde e leve toque de leite de coco. Na sequência, faz sucesso o mix de frutos do mar grelhados (R$ 268,00, para três pessoas), que reúne lagosta, camarão, polvo, lula, mexilhões, peixe branco, salmão, batata, brócolis e tomate. Para um final feliz, prove o rolinho crocante de banana com doce de leite, servido com sorvete de creme (R$ 16,50). Avenida Lafayete Coutinho, 1010, Bahia Marina, Comércio, ☎ 3321-0800 (150 lugares). 12h/15h e 18h/0h (sex. almoço até 16h e jantar até 1h; sáb. jantar até 1h; dom. almoço até 16h; fecha seg.). Aberto em 2007. $$$$

Amado
O imponente salão com vista para a Baía de Todos-os-Santos é palco para as criações do chef Edinho Engel. Inicia a refeição a porção de camarão salteado em molho cítrico mais uma fruta da estação (R$ 35,00, com cinco unidades). Entre as opções principais, a paleta de cordeiro — assada, desfiada e prensada — é servida ao lado de nhoque romano e banhada com o molho do próprio assado. Finalizado com salada de agrião e cebola-roxa, o prato custa R$ 68,00. Entre os mais de 200 rótulos, está o vinho sul-africano Robertson Valley Pinotage 2014 (R$ 97,00). Avenida Lafayete Coutinho, 660, Comércio, ☎ 3322-3520 (150 lugares). 12h/0h (dom. até 17h). Aberto em 2006. $$$

Casa di Vina
O restaurante ocupa a casa onde viveu Vinicius de Moraes. Enquanto contemplam objetos que pertenceram ao antigo proprietário, os clientes degustam o drinque tarde em itapuã (R$ 21,00), feito
com sorvete de coco verde e vodca. Para dividir em até três pessoas, a mariscada (R$ 155,00) reúne lagosta, peixe, lula, camarão, siri catado e mexilhão e é guarnecida de arroz, pirão e farofa. Do forno a lenha saem pizzas como a meraviglia de mussarela (R$ 70,00), com burrata, parma, raspas de limão-siciliano e gengibre. Rua Flamengo, 44, Farol de Itapuã, ☎ 3014-8730 (150 lugares). 12h/23h30 (dom. até 22h). Aberto em 2015. $$$

Adam Cozinha Originária
O cardápio mescla as experiências gastronômicas do chef Adam Schnitman, que já trabalhou em restaurantes de Israel, da Bélgica e do Canadá. Para iniciar a refeição, o menu oferece desde faláfel
(R$ 17,90, com oito unidades) até a polenta com molho harissa (R$ 18,90, com seis unidades). Entre os pratos, destaca-se o filé alto marinado ao vinho tinto com minissalada e arroz de nirá (R$ 58,00). Para bebericar, a sugestão é a cachaça artesanal Fazendinha e Tal (R$ 5,00 a dose), produzida na fazenda da família, na Chapada Diamantina. Rua Edith Mendes da Gama e Abreu, 189, Itaigara, ☎ 3506-3191 (70 lugares). 12h/15h e 17h/23h (dom. jantar até 22h; fecha seg.) Aberto em 2014. $$

Barravento
A casa aproveitou a reforma do calçadão da Barra para também modificar sua decoração e o cardápio, que recebeu assinatura de Fabrício Lemos, eleito chef do ano nesta edição. Para petiscar, o combo um (R$ 65,00, para três pessoas) traz queijo de coalho, casquinha de aratu e camarão na tapioca. Entre os pratos, faz sucesso o camarão empanado com risoto de limão-siciliano (R$ 120,00, para duas pessoas). Enquanto assistem aos shows (R$ 7,00 o couvert artístico) que acontecem toda sexta e sábado, das 19h30 às 23h30, os clientes bebem cerveja Original (R$ 13,70). Avenida Oceânica, 814, Barra, ☎ 3247-2577 (350 lugares). 11h/0h (de mar. a out.; fecha ter.). Aberto em 1964. $$$

Bella Gourmet
Neste charmoso restaurante, as lousas que destacam opções do menu dividem espaço nas paredes com as recordações de viagens da chef e proprietária Ana Robéria Silva. Seis unidades de ostra com creme bechamel gratinadas com queijo parmesão (R$ 58,00) abrem o apetite. Na sequência, o camarão nordestino (R$ 95,00) é empanado na farinha de coco e servido ao lado de um nhoque de aipim com carne de fumeiro na manteiga de garrafa. Rua Minas Gerais, 784, Pituba, ☎ 3345-2598 (70 lugares). 12h/23h (dom. até 17h; ter. até 15h; fecha seg.). Aberto em 2007. $$$$

Bistrot Du Vin
O polvo à feira (R$ 64,90, com quatro unidades), preparado com páprica e azeite e servido com torradas, é uma das entradas do cardápio, assinado pelo chef Cristiano Almeida. Ele pode ser seguido do camarão empanado em provolone (R$ 99,00), com risoto de alho-poró. Para quem prefere carne, vale apostar no filé-mignon regado com creme de gorgonzola, acompanhado de batata rústica (R$ 69,90). Para escoltar o prato, a adega, enfeitada com fotos em sépia de vinhedos franceses, dispõe de 3 600 rótulos, como o chileno D’Alamel Carmenère 2013 (R$ 85,90). Rua Minas Gerais, 784, Pituba, ☎ 3345-2598 (70 lugares). 12h/23h (dom. até 17h; ter. até 15h; fecha seg.) Aberto em 2007. $$$

Confraria das Ostras
Com ostras vindas de Florianópolis (SC), o chef Marcos Lerner atrai a clientela para a agradável varandinha do imóvel do Rio Vermelho. Entre as novidades do cardápio está a ostra servida com o ceviche de atum, badejo e polvo (R$ 19,00). O penne ao molho gorgonzola com camarão e cogumelo-de-paris (R$ 69,00) é uma das opções de prato principal. De inspiração argentina, o crepe recheado com doce de leite vem à mesa com sorvete de creme (R$ 24,00). Rua Fonte do Boi, 8, Rio Vermelho, ☎ 3334-7504 (48 lugares). 12h/0h (sex. e sáb. até 0h30; dom. até 22h). Aberto em 2006. $$

DAS
Com decoração exuberante, o restaurante, instalado na Bahia Marina, tem foco na culinária mediterrânea e nos ingredientes do mar. O arroz negro com robalo grelhado na musseline de mandioquinha e azeite trufado (R$ 85,00) é o destaque do cardápio. No almoço, de segunda a sexta, há menu executivo de R$ 49,90 (apenas prato principal) a R$ 59,90 (entrada, prato principal e sobremesa). Entre as receitas que podem figurar entre as sugestões há filé de peixe com risoto de limão-siciliano e brownie com calda de chocolate e bola de sorvete. Avenida Lafayete Coutinho, 1010, Bahia Marina, Comércio, ☎ 3011-2410 (150 lugares). 11h30/0h (qui. a sáb. 11h30/2h). Aberto em 2013. $$$

Du Chef Arte e Gastronomia
Comandada pelo chef Lucius Gaudenzi, formado pela escola francesa Le Cordon Bleu, a casa tem pratos batizados com o nome de praias. Um dos destaques é a jericoacoara (R$ 95,00), uma lagosta grelhada com manteiga de ervas e acompanhada de risoto de açafrão. A sumatra (R$ 23,00), uma musse de chocolate artesanal orgânico, com flor de sal e caramelo levemente picante, encerra a refeição. Há também menu degustação com sete etapas, que custa R$ 160,00, ou R$ 280,00 com harmonização de vinhos. Rua Afonso Celso, 70, Barra, ☎ 3042-4433 (70 lugares). 12h/0h (dom. até 17h; fecha seg.). Aberto em 2016. $$$

Egeu
O cardápio desta nova casa destaca os frutos do mar. Caldo de lagosta com risoto de limão-siciliano (R$ 78,00) e polvo grelhado com risoto de pera e damasco ao molho suave de gorgonzola (R$ 72,00) são os pratos mais pedidos pela clientela. A carta de vinhos traz mais de sessenta rótulos, a exemplo do rosé da Villa Francione, de Santa Catarina (R$ 132,90). Para adoçar o fim da refeição, há petit gâteau de doce de leite com uma bola de sorvete de canela (R$ 22,00) ou minichurros, servidos na taça com doce de leite (R$ 24,00, quatro unidades). Avenida Sete de Setembro, 2830, Barra, ☎ 99329-3220 (94 lugares). 12h/2h (ter. 17h/0h; qua. até 0h; dom. 12h/20h; fecha seg.). Aberto em 2017. $$$

Larriquerrí
No ano passado, a casa ganhou novo endereço e ampliou o atendimento. O prato preferido pelos clientes continua sendo a codorna desossada (R$ 55,00), que é temperada com especiarias, pimenta-verde e castanha-do-pará e chega à mesa enrolada em uma fatia de bacon, guarnecida de batata assada e molho à base de vinho. Entre as sobremesas, chama atenção o sorvete de coco verde com redução de jurubeba, farofa de amendoim e flor de sal (R$ 16,00). Para brindar, a carta sugere mais de 100 rótulos de vinho. Praça Alexandre Fernandes, 26, Garcia, ☎ 3043-0934 (45 lugares). 19h30/23h30 (fecha dom. e seg.). Aberto em 2014. $$

Maria Mata Mouro
No casarão localizado em frente à Igreja da Ordem Terceira, a chef Maria Edjan prepara pratos como o bacalhau que leva o nome da casa (R$ 182,00, para duas pessoas). O peixe cozido vem com azeitona, batata e brócolis, e é escoltado por arroz. Entre as carnes, o prato de filé-mignon grelhado acompanha purê de mandioquinha, telha crocante de parmesão e molho de chocolate (R$ 86,00). O bolo de coco com banana-da-terra servido com sorvete de creme e calda de tamarindo (R$ 21,00) fica para o final. Rua da Ordem Terceira, 8, Pelourinho, ☎ 3321-3929 (70 lugares). 12h/22h (dom. até 17h; fecha de seg. a qua.). Aberto em 1995. $$$$

Mercato Di Vino
A loja de vinhos foi encerrada, mas o restaurante segue com uma adega de sessenta rótulos, a exemplo do argentino Las Perdices Malbec 2016 (R$ 98,00). A bebida acompanha bem o bife wellington (R$ 75,00), envolto em massa folhada. O cardápio é alterado mensalmente e exibe no máximo seis receitas. O bacalhau mercato (R$ 85,00) é uma das opções que podem surgir no menu e chega à mesa com um corte alto do peixe imerso no azeite e acompanhado de batata, brócolis, ovo cozido e azeitona. Rua Alexandre Herculano, 18, Pituba, ☎ 3351-2739 (50 lugares). 12h/15h30 e 18h/23h30 (fecha seg.). Aberto em 2010. $$$ 

Oliva Gourmet
Uma variedade de massas, saladas e pratos quentes aparece no bufê do almoço (R$ 42,90 de segunda a quinta e R$ 52,90 de sexta a domingo) e no rodízio do jantar (R$ 38,90 de segunda a quinta e R$ 43,90 de sexta a domingo). O cardápio muda a cada dia, mas é comum encontrar o nhoque de ricota e nozes ao ragu de calabresa e o polpettone de salmão. À la carte, é possível pedir pratos como o ravióli de maçã, gorgonzola e amêndoa (R$ 32,90). Salvador Shopping, piso L3, ☎ 3019-0201 (127 lugares). 11h30/22h. Mais quatro endereços. Aberto em 2007. $$

Pereira
Na varanda com vista para o mar, o cliente inicia a refeição com a burrata italiana (R$ 54,00, para duas pessoas), servida com tapenade de azeitonas, rúcula e tomate assado na companhia de cesta de pães. Na sequência, o risoto de camarão e polvo grelhados leva azeite de ervas e é finalizado com parmesão (R$ 69,00). Completam os pedidos o vinho argentino Catena Malbec 2012 (R$ 149,00) e, como sobremesa, o biscuit de chocolate e creme de avelã (R$ 22,00). Avenida Sete de Setembro, 3959, Barra, ☎ 3264-6464 (200 lugares).  12h/0h. Aberto em 2004. $$$ 

Qattro Gastronomia & Cultura
Os clientes acomodam-se no salão ou nas mesas ao ar livre, onde podem provar pratos como o robalo na folha de bananeira (R$ 72,90), acompanhado de arroz e batata salteada. A casa oferece menu executivo tanto no almoço (R$ 39,90) como no jantar (R$ 49,90). Figuram entre as opções o contrafilé com risoto de shiitake, a bruschetta, o brownie com sorvete e a salada de frutas. Nas noites de sexta e sábado, há apresentações musicais (o couvert varia de R$ 10,00 a R$ 20,00). Rua Fonte do Boi, 131, Rio Vermelho, ☎ 3561-4004 (60 lugares). 11h/15h30 e 18h30/1h (sex. e sáb. 11h/2h; dom. 11h/15h30; fecha seg.). Aberto em 2017. $$

Riz Bistrot & Risoto
A especialidade da casa é o risoto. No cardápio, criado pelo chef Richard James, são oferecidas doze versões do prato, como a de camarão com coco verde, alho- poró e limão-siciliano (R$ 58,00).
Outro sucesso são as bruschettas, da tradicional margherita (R$ 15,00, duas unidades) à de salmão (R$ 20,00, duas unidades). A casa oferece menu executivo em três etapas (R$ 34,00). Entre as opções, há risoto de camarão com três tomates. Rua das Hortênsias, 966, Pituba, ☎ 3019-2800 (50 lugares). 11h30/22h (sex. e sáb. até 0h; fecha seg.). Aberto em 2014. $$ 

Salvador Dalí
Com uma charmosa varanda à beira-mar, o restaurante oferece, todos os dias, um menu executivo diferente, que contempla entrada, principal e sobremesa. No menu de R$ 39,00, o cliente pode escolher massas como nhoque ou espaguete ao molho gorgonzola com uva-passa. Ao pagar R$ 49,00, há opções com carne. Para beber, os destaques da casa são os drinques como o margarita (R$ 16,90). Rua Borges dos Reis, 158, Rio Vermelho, ☎ 3335-4593 (120 lugares). 11h30/16h e 19h/0h (seg. a qua. 11h30/16h30 e 19h/1h; dom. 11h30/16h30). Aberto em 1996. $ 

Solar
O restaurante do Museu de Arte Moderna fechou, mas é possível provar as invenções da chef Andrea Nascimento nas unidades do Rio Vermelho e do Palacete das Artes. A sugestão para começar é o dadinho sertanejo (R$ 30,90), cubinhos de tapioca com queijo de coalho regados ao molho de pimentas biquinho e rosa. A refeição segue com o pacotinho (R$ 61,90), um filé de pescada-amarela na folha de bananeira, que chega à mesa sobre uma cama de banana-da-terra e lâminas de batata. A carta de drinques inclui o rouge (R$ 25,50), que leva frutas vermelhas, espumante e limão-siciliano. Rua Fonte do Boi, 24, Rio Vermelho, ☎ 3012-9360 (110 lugares). 11h30/23h (qui. a sáb. até 0h; fecha seg.); Rua da Graça, 284, Palacete das Artes, Graça, ☎ 3328-3444. 11h30/ 21h30. Aberto em 2008. $$

Teco Fusion Food
O restaurante mistura sabores nordestinos a receitas internacionais, a exemplo do risoto de rabada desfiada com parmesão e agrião (R$ 43,90). Entre os petiscos, há a clássica costela suína assada, servida com molho barbecue e batata frita rústica (R$ 41,90, para duas pessoas). Completam os pedidos o cucumber (R$ 19,00), drinque de pepino com gim, limão, tônica e manjericão. Rua Novo Horizonte, 39, Acupe de Brotas, ☎ 3561-6163 (110 lugares). 18h30/0h (ter. e qua.); (qui. e sex. também almoço 12h/15h; dom. só 12h/15h; fecha seg.). Aberto em 2016. $$

Veleiro
O salão envidraçado à beira-mar convida a degustar sem pressa as criações do chef Fernando Cerqueira, que repaginou o cardápio. Lidera os pedidos o camarão com crosta de provolone acompanhado de risoto de legumes com molho picante (R$ 89,00), seguido pelo polvo à provençal (R$ 92,90). No hall dos doces, há flan de doce de leite com calda de caramelo (R$ 14,90). Para beber, faz sucesso o bloody mary (R$ 22,90). Avenida Sete de Setembro, 3252, Yacht Club da Bahia, Barra, ☎ 2105-9131 (164 lugares). 11h30/23h (sex. e sáb. até 0h; dom. até 18h; seg. até 16h). Aberto em 1962. $$$

Villa Bahia
O restaurante, sediado em hotel homônimo, é chefiado por Guto Lago, eleito chef do ano na edição de 2015/2016 de VEJA COMER & BEBER. Ele se orgulha em dizer que renova semanalmente as sugestões do menu executivo (R$ 49,00). No cardápio fixo, é possível encontrar pato confitado (R$ 89,00), servido com galette de milho, mix de cogumelos e molho de jabuticaba, e entradas como o carpaccio de polvo com vinagrete de mamão e manjericão (R$ 48,00). Largo do Cruzeiro de São Francisco, 18, Hotel Villa Bahia, Pelourinho, ☎ 3322-4271 (40 lugares). 12h/22h. Aberto em 2006. $$$

 

ESPANHOL

La Taperia
Pratos saborosos e preços competitivos ajudam a explicar as longas filas que se formam diante do restaurante comandado pelo chef espanhol José Morchon e sua esposa, Julie Holler, dupla também à frente do Shanti e do premiado bar Chupito. Entre as tapas, os pirulitos de camarão pistola (R$ 36,00, dez unidades) são empanados com bifum e servidos com maionese de wassabi. Outra sugestão é o polvo à galega (R$ 41,00), que chega em fatias sobre fatias de batata. Para bebericar sem abrir mão do acento espanhol, a sangria de vinho branco leva morango e limão-siciliano (R$ 58,00 a jarra de 1,5 litro). Rua da Paciência, 251, Rio Vermelho, ☎ 3334-6871 (120 lugares). 18h/23h30 (fecha dom.). Aberto em 2012. $

 

FRANCESES

Chez Bernard
Na cozinha do chef Rui Carneiro, a especialidade é o filé au poivre (R$ 82,00), um corte alto de 250 gramas regado com molho rôti e pimenta verde, guarnecido de aligot (purê de batata com queijo). Faz sucesso também o confit de canard (R$ 98,00), pato cozido na própria gordura, com purê de cará, trufas e molho de cogumelo. Na carta de vinhos, há 143 rótulos, como o francês Château Belgrave, da AOC Haut-Médoc (R$ 149,00). Rua Gamboa de Cima, 11, Dois de Julho, ☎ 3328-1566 (45 lugares). 19h/0h (dom. 12h/16h; fecha seg.). Aberto em 1963. $$$$

Taboada Bistrot
Comandado pelo chef Bertrand Feunteun, o bistrô oferece 250 rótulos de vinho, entre franceses, chilenos, argentinos e italia-nos. Os destaques são o chileno Casa Lapostolle Sauvignon Blanc (R$ 184,00) e o francês Barton Pinot Noir (R$ 144,00). Abrem a refeição as vieiras aceboladas (R$ 72,00, seis unidades), seguidas pelo filé au poivre (R$ 78,00) com batatas gratinadas. Rua José Taboada Vidal, 9, Rio Vermelho, ☎ 3334-7846 (56 lugares). 19h/0h (sex. e sáb. 19h/1h; dom. 12h/17h; fecha seg.). Aberto em 2008. $$$$

 

NATURAL

Vida & Saúde
A casa oferece um bufê no almoço com quarenta pratos, sendo vinte saladas com folhas orgânicas e vinte opções quentes, como o frango gratinado com queijo frescal e o calzone recheado de mussarela, alcaparra e azeitona. O quilo custa R$ 39,00. O cardápio inclui ainda sobremesas, cobradas à parte, como o pavê de cacau com morango servido na taça (R$ 5,00). O espaço também conta com um cantinho zen, com redes e esteiras, e uma loja que vende produtos naturais e esotéricos. Avenida Estados Unidos, 18, sala 415, Comércio, ☎ 3242-8891 e 3497-3304 (120 lugares). 8h/17h30 (fecha sáb. e dom.). Aberto em 1994. $

 

ORIENTAIS

Shanti
Os clientes acomodam-se em tatames orientais ou cadeiras de madeira para provar receitas de oito nacionalidades, como Marrocos, Indonésia e Tailândia. A cada dia, o cardápio é dedicado a um país, e os pratos, da entrada à sobremesa, chegam à mesa reunidos em uma bandeja (R$ 39,00 sem proteína e R$ 46,00 com proteína). No dia da Índia, por exemplo, a bandejinha inclui pão artesanal com manteiga ghee, sopa de lentilha-rosa, arroz biryani, chutney de manga com molho de iogurte, peixe do dia marinado na cúrcuma, entre outros itens. Rua João Gomes, 10, Rio Vermelho, ☎ 3011-2646 (65 lugares). 12h/16h (fecha seg.). Aberto em 2016. $

Tokai Gourmet
A casa reformulou completamente o cardápio. O novo menu leva a assinatura da chef Guta Domenech, responsável pelas receitas chinesas e tailandesas, e do sushiman Rafael Mabu. Entre as novidades, figuram o tokai especial truffle (R$ 79,90, dez unidades), que traz sashimi de salmão em lâminas com shoyu, gergelim, raspas de limão-siciliano, azeite trufado e batata-doce crispy, e o nam thai (R$ 69,90), com salmão e camarão regados com curry vermelho, leite de coco e especiarias. De segunda a sexta, há menu executivo no almoço a R$ 42,00. Shopping Barra, Barra, ☎ 3022-7874 (175 lugares). 11h/23h (sex. e sáb. 11h/0h30; dom. e feriados 12h/23h). Aberto em 2012. $$$

 

PORTUGUESES

Bacalhau de Martelo
Uma das novidades do cardápio é o marinheira (R$ 34,90), composto de cubos de bacalhau assados e acompanhados de batata, brócolis, cebola e arroz. O mesmo pescado, que é a estrela absoluta do menu, está presente na versão de pai para filho (R$ 55,90), uma posta de 200 gramas servida sobre cama de batatas cozidas e fritas, sobreposta por carne de fumeiro e guarnecida de arroz. Abre o apetite a porção de bolinho de bacalhau com seis unidades (R$ 24,90). Para encerrar, há sobremesas como o pudim de tapioca (R$ 11,50). Shopping Rio Vermelho, ☎ 3334-0458 (100 lugares). 11h/22h (sáb. e dom. até 16h30). Aberto em 1993. $$

Casa Lisboa
Na varanda ou no salão decorado com artefatos portugueses, o cliente pode provar o queijo brie tostado ao molho de pimentão e ladeado por salada verde (R$ 39,90). O arroz regado a caldo de marisco leva mexilhão salteado, camarão, lula, polvo e linguado e é finalizado com molho de ervas (R$ 99,90). Grelhado e assado, o bacalhau com patê de chorizo português é guarnecido de purê de batata e legumes salteados, e servido com molhos branco e de salsa verde (R$ 89,90). De Portugal também vem o vinho Van Zellers Touringa Nacional Syrah 2015 (R$ 149,00). Rua Manoel Dias de Morais, 37, Jardim Apipema, ☎ 3331-3841 (100 lugares). 12h/16h e 18h/1h (dom. 12h/17h; fecha seg.). Aberto em 2007. $$$$