Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Os melhores endereços para tomar cerveja e chope em Porto Alegre

Confira a lista com os melhores bares da categoria; e mais três opções para tomar drinques

O roteiro a seguir, com 7 estabelecimentos, integra a edição digital de VEJA COMER & BEBER PORTO ALEGRE 2017/2018:

 

Bier Markt Vom Fass – Eleita a melhor carta de cerveja pelo júri

Quando o assunto é variedade de cervejas, fica difícil desbancar as casas da marca Bier Markt. A dupla de bares lidera há seis edições a disputa da melhor carta da cidade. Ao contrário de seu irmão mais velho, focado nas garrafas, o endereço caçula, o premiado da vez, dedica-se principalmente às bebidas fermentadas servidas sob pressão. Um dos pontos centrais do lugar é o painel de vidro que sustenta as 38 torneiras de chope. Por trás dele, avista-se a câmara fria, que, mantida entre 0 e 2 graus, acomoda até 120 barris. Predominam os rótulos nacionais, em sua maioria gaúchos, caso da Salva APA (R$ 13,00, 300 mililitros), de Bom Retiro do Sul, e da porto-alegrense Barco IPA (R$ 15,00, 300 mililitros). Apesar de serem minoria na curadoria dos sócios Pedro Braga e Adolfo Bandeira, os chopes importados seguem presentes, representados por grifes cultuadas como a belga Delirium Tremens (R$ 29,00, 250 mililitros). Implementado nos últimos tempos, também faz sucesso o growler (garrafão de vidro), que permite levar a bebida para casa — dá para comprar um no local por R$ 70,00. Quem bebe ali mesmo pode aproveitar e pedir lanches como o crazy duck burger (R$ 32,00), um hambúrguer de pato servido no pão preto com geleia de laranja, mussarela, tomate mais manjericão e acompanhamento de batata frita. A sugestão para harmonizar com a receita é a belga Chimay Grande Réserve (R$ 90,00, 750 mililitros).

Rua Barão de Santo Ângelo, 497, Moinhos de Vento, (51) 3574-0927 (100 lugares). 18h/23h45 (fecha dom.). Aberto em 2012.

2º Lugar – Bier Keller

Sem letreiro nem mesinhas na calçada, o local pode facilmente passar despercebido. No autoproclamado “antibar” de Vittorio Lewandovski, é imprescindível ligar antes de ir. O grande atrativo ali são os mais de 250 rótulos de cerveja especial que custam entre R$ 10,00 e R$ 100,00. Para matar a fome, há um bufê de acepipes como queijos, azeitonas e pão caseiro.

Rua João Abbott, 596, Petrópolis, (51) 3084-2360 (60 lugares). 17h/23h30 (fecha dom.). Aberto em 2005.

 

3º Lugar – The Weiss Pub

Especializado em chopes produzidos no Rio Grande do Sul, o local tem parede de tijolos aparentes, bandeiras penduradas no teto e luz baixa, como manda a cartilha dos pubs. Das dezesseis torneiras acopladas ao balcão saem bebidas como o Hop Lager Guarnieri, de Farroupilha (R$ 14,90, 300 mililitros), e a Steilen Berg Texas Brown Ale, de Porto Alegre (R$ 12,90, 300 mililitros). Para forrar o estômago, as asinhas de frango apimentadas custam R$ 38,90 (porção para dois). Dos mesmos proprietários, o The Weiss British Pub serve também vinhos e drinques.

Rua Eudoro Berlink, 777, Auxiliadora, (51)3061-1122 (70 lugares). 18h/1h (fecha seg. e dom.). Couvert artístico: R$ 7,00. Aberto em 2007.

 

Bier Markt

Apesar de ter reduzido sua carta de 400 para 250 rótulos de cerveja, a casa segue com uma oferta etílica respeitável. Vem numa garrafa de 750 mililitros, com rolha, a trapista Chimay (R$ 110,00). As torneiras de chope preenchem o copo do público sedento com Salva APA (R$ 13,00, 300 mililitros) e Roleta Russa (R$ 15,00, 300 mililitros). Para comer, há sugestões como o filé-mignon flambado na cerveja escura com molho branco e queijo gruyère gratinado. Acompanhada de pão preto, a porção custa R$ 49,00 e serve duas pessoas.

 Rua Castro Alves, 442, Rio Branco, (51) 3013-2300 (120 lugares). 18h/23h30 (fecha dom.). Aberto em 2009.

 

Infiel Bar de Cervejas Especiais

 O bar, como o próprio nome brinca, propõe “infidelidade à cerveja tradicional brasileira”. Isso porque o endereço disponibiliza mais de 150 rótulos especiais, de cervejarias como Perro Libre, Zapata, Irmãos Ferraro, Seasons, entre outras. Acomodada no salão ou ao ar livre, a clientela também pode bebericar chopes das seis torneiras engatadas na casa — a oferta é rotativa, mas há chances de encontrar, por exemplo, a APA da Perro Libre. Custam de R$ 10,00 a R$ 26,00, com desconto de 20% das 18h às 20h. Para matar a fome, invista nos pretzels alemães, para duas pessoas (R$ 18,00), ou no pancho (R$ 11,00), cachorro-quente tradicional uruguaio.

 Rua General Lima e Silva, 776, loja 4, Cidade Baixa, (51)3072- 4800 (40 lugares). 18h/0h (sex. e sáb. até 1h30; dom. 16h/22h; fecha seg.). Aberto em 2014.

 

MaltStore Cervejas Especiais

Loja de cervejas especiais e acessórios da cultura cervejeira, tem uma oferta de cerca de 300 rótulos nacionais e estrangeiros. As gaúchas Barco (R$ 23,50, 600 mililitros), Ruradélica (R$ 27,00, 500 mililitros) e Suricato (R$ 33,90, 600 mililitros) saem com frequência. Do exterior vêm as desejadas Weihenstephaner Weiss (R$ 32,50), da Alemanha, e a Delirium Tremens (R$ 37,90), da Bélgica. Para beliscar, o novo chef da casa, Rodrigo Basílio, criou sugestões diferentes para cada unidade. No endereço da Rua Padre Chagas, por exemplo, o sanduíche no pão brioche com iscas de lagosta salteada na manteiga de ervas e salada coleslaw é servido por R$ 37,00.

Rua Amélia Teles, 396, Petrópolis, (51)3279-3133 (40 lugares). 10h/23h (seg. 11h/22h; dom. 11h/21h). Rua Padre Chagas, 339, Moinhos de Vento, (51)3061-7500 (50 lugares). 11h/0h (qui. a sáb. até 1h; dom. 14h/0h). Aberto em 2012.

 

A Toca

O bar da cervejaria Coruja ampliou de doze para 27 o número de torneiras de chope. É delas que saem o lager Coruja Viva (R$ 10,90) e o pilsen Belgian Saint Bier (R$ 9,90), ambos com 300 mililitros. Entre as cervejas, a Coruja Alba Weizen (R$ 26,90) é uma das mais pedidas. Adicionado recentemente ao cardápio, o hambúrguer montado no pão escuro com molho verde, bacon crocante, cebola grelhada no shoyu, cogumelo-de-paris e mussarela custa R$ 24,90.

Rua General Lima e Silva, 1255, Cidade Baixa, (51) 3279-2072 (200 lugares). 18h/0h (qui. a sáb. até 1h). Aberto em 2008.

 

DRINQUES

 

Charlie Pub

Entre as sugestões estão o dry martini com amora no lugar da azeitona (R$ 21,90) e o kir royal (R$ 21,90), um dos mais solicitados. A caipirosca cítrica com vodca Absolut Citron e limões-siciliano e taiti (R$ 29,90) é indicada para ladear o brownie de chocolate branco com frutas vermelhas na massa, chantili mais calda de frutas vermelhas (R$ 19,90).

 Rua Lima e Silva, 795, Cidade Baixa, (51) 3508-5362 (62 lugares). 15h/0h (seg. e ter. até 21h; fecha dom.). Aberto em 2016.

 

Dirty Old Man

A casa faz referência ao escritor Charles Bukowski e tem jeitão de pub. Entre tradicionais e autorais, a carta elenca cinquenta drinques. Uma das criações recentes combina gim, licor de kiwi, suco de limão e espuma de limão-siciliano (R$ 18,00). Além dos coquetéis, a casa oferece chope artesanal, mantido em uma câmara fria, e tem oito torneiras de onde jorra o líquido — uma delas despeja a bebida da cervejaria local Bardos (R$ 16,50, 530 mililitros). Para petiscar, a porção de quatro hambúrgueres em tamanho míni custa R$ 25,00.

Rua General Lima e Silva, 956, Cidade Baixa, (51) 3085-8227 (100 lugares). 18h/1h. Aberto em 2011.

 

Spoiler

Aberto em 2017, o bar tem um cardápio focado em drinques. Eles recebem atenção especial desde o gelo (de derretimento mais demorado) até a concepção das receitas, baseadas em seriados. O coquetel heisenberg (R$ 20,00), inspirado em Breaking Bad, vem com gim, suco de limão, espumante e licor de curaçao, que garante a cor azul típica da metanfetamina fabricada pelo personagem Walter White. Para compartilhar entre três pessoas, a porção los pollos hermanos consiste em um balde de asa e coxinha de frango empanadas e servidas com molho barbecue (R$ 30,00).

 Rua General Lima e Silva, 1058, Cidade Baixa, (51) 3237-1822 (80 lugares). 19h/1h (fecha seg.). Aberto em 2017.