Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Os bastidores do Carnaval de Ivete no Rio

Cantora chegou com antecedência e fez pedido especial à Acadêmicos do Grande Rio

A preocupação para chegar no Sambódromo da Marquês de Sapucaí a tempo e se preparar para o desfile era tanta, que a cantora Ivete Sangalo, de 44 anos, desembarcou no Rio de Janeiro ao meio-dia de domingo — quatro horas antes do previsto. Segundo seus assessores, Veveta, como é carinhosamente chamada pelos fãs, comeu pouco e dormiu apenas o suficiente para recuperar a energia gasta no show que realizara em Salvador, no sábado.

É a primeira vez que a cantora baiana festeja o Carnaval longe de sua terra natal e, de acordo com sua equipe de apoio, a ausência da baiana foi bem aceita por seus conterrâneos devido ao porte da homenagem que a aguardava na avenida: a vida e a carreira de Ivete foram tema do samba-enredo da Acadêmicos do Grande Rio, segunda escola a se apresentar pelo grupo especial do Carnaval carioca.

Na noite de domingo, Ivete chegou ao Sambódromo descalça, trajando um roupão verde com o brasão da escola, e foi acomodada em um furgão branco ao lado da concentração, onde permaneceu das 20h às 23h30. Dentro do camarim móvel, a cantora foi saudada pelo presidente da Grande Rio, Jayder Soares, e recebeu frutas e comida japonesa. Assim que saiu do carro, ela foi ovacionada por membros da escola e profissionais da imprensa.

Trajando um vestido branco simples e um lenço na cabeça, representando a “menina de Juazeiro”, Ivete entrou na avenida na companhia de dez dançarinos da comissão de frente da escola e puxou o samba-enredo da Grande Rio, levantando a plateia. No meio da coreografia, o traje discreto foi substituído por um exuberante vestido prateado, representando o caminho da cantora do anonimato à fama.

Um pedido especial de Ivete à escola levou a homenageada a enfrentar uma mini-maratona. Não satisfeita de participar apenas uma vez do desfile, a baiana fez questão de retornar à avenida em seu próprio carro alegórico — desta vez, acompanhada pelo filho, Marcelo, de 6 anos, e pelo marido Daniel Cady. Para isso, teve que deixar a comissão de frente na altura do setor 11 e contornar a Sapucaí de carro de volta à concentração, onde atravessou correndo para o camarim. A cena provocou uma nova onda de aplausos entre os fãs que aguardavam no local. De volta à avenida, sem qualquer sinal de cansaço, Ivete trocou carinhos com o marido e o filho do alto do carro alegórico. Mais uma vez, Veveta arrancou aplausos da plateia e encerrou o desfile emocionada. Ao final da apresentação, agradeceu ao presidente Jayder Soares, brincando: “Muito obrigada pela oportunidade. A sua sorte é que você tem uma cantora bem atleta”.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Ainda existem pessoas que dão ibope para esse lixão baiano.Fora ivete você é 1 lixo.

    Curtir

  2. Jose Eugenio Bevilaqua

    (Risos) Brasil, Brasil, rsrsrsrs, só aqui mesmo é que, apesar de toda essa porcaria nacional, prospera o crime, a criminalidade, a corrupção, a impunidade, a bizarrice, etc, etc. Aliás, território próspero para tudo que não presta e não tem valor. Uma única pergunta básica: o que essa porcaria toda ‘acrescenta’ na melhoria de vida de cada brasileiro miserável e desgraçado pela sua própria miséria letárgica e lisérgica? rsrsrsrs…

    Curtir

  3. Ainda a baiana Ivete Sangalo? Tem dó! Cansou. Mosca de padaria, está em todas as vitrines

    Curtir

  4. Carnaval é a maior pu ta ria do mundo.

    Curtir