Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Femme et Oiseaux’, de Miró, é vendida por R$ 103 milhões

Tela do espanhol faz parte da série 'Constelações'

A obra do espanhol Joan Miró Femme et Oiseaux, parte da sua célebre série Constelações, foi vendida nesta quarta-feira em um leilão na sala Sotheby’s de Londres por 24,57 milhões de libras (103 milhões de reais), recorde para uma obra do artista na moeda britânica.

A pintura sobre papel, de pequenas dimensões (38cm x 46cm), superou os 23,56 milhões de libras pagos em 2012 por outro trabalho de Miró, Peinture (Étoile Bleue), que na cotação da época valiam 29 milhões de libras.

Femme et Oiseaux (1940) é o oitavo quadro de uma série de 23 trabalhos que o artista de Barcelona (1893-1983) pintou durante os primeiros anos da Segunda Guerra Mundial e que os críticos de arte apontam como uma de suas obras-primas.

A pintura do catalão foi vendida no mesmo leilão de arte impressionista e moderna no qual o quadro de Wassily Kandinsky (1866-1944) Bild Mit Weissen Linien (1913) foi arrematado por 33,01 milhões de libras (139 milhões de reais), um recorde para uma obra do artista russo.

Miró confeccionou as primeiras obras de Constelações na França, onde vivia desde 1936, e concluiu a série na Espanha, para onde retornou quando os nazistas ocuparam Paris, semanas após o artista finalizar Femme et Oiseaux.

(Com agência EFE)