Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Morre o cantor, compositor e radialista Barros de Alencar

Nascido na Paraíba, Barros de Alencar veio para São Paulo e fez carreira no rádio, passando pela Tupi, Record e América

Morreu nesta segunda-feira, aos 84 anos, o cantor, compositor e radialista Cristóvão Barros de Alencar. Sucesso nas rádios a partir dos anos 1960, o músico estava internado em um hospital na Mooca, São Paulo. O enterro será nesta segunda-feira, 13h30, no Cemitério Jardim Primavera, em Guarulhos.

Nascido na Paraíba, Barros de Alencar veio para São Paulo e fez carreira no rádio, passando pela Tupi, Record e América. Em 1966, lançou seu primeiro disco. Em 1975, gravou uma versão em português de Emmanuelle, música-tema do filme francês de mesmo nome, um fenômeno na época por seu erotismo. Ao longo dos anos, intercalou a carreira musical com seu reconhecido trabalho nas rádios.

A notícia da morte está no Facebook da irmã de Barros de Alencar, Virgínia Barros:

 

(Com Estadão Conteúdo)