Montagner morreu por afogamento mecânico, aponta IML

Corpo do ator ainda vai ser liberado pelo IML de Sergipe e deve seguir para o Aeroporto de Aracaju

O Instituto Médico Legal (IML) de Sergipe informou nesta sexta-feira que o resultado da necropsia realizada no corpo do ator Domingos Montagner apontou que ele morreu por afogamento mecânico. Foi encontrada muita água no pulmão e na traqueia, além de espuma na boca do ator, o que configura que ele engoliu muita água.

O corpo de Montagner ainda vai ser liberado pelo IML e deve seguir, na sequência, para o aeroporto de Aracaju. Ainda não há informações sobre qual o destino do voo. O ator morreu na tarde desta quinta-feira, depois de mergulhar no Rio São Francisco, em Sergipe. Ele gravava a novela na região de Canindé de São Francisco, em Sergipe, quando decidiu dar um mergulho no rio junto com Camila Pitanga, seu par romântico na trama. A região do rio onde Montagner mergulhou é extremamente perigosa, segundo Arisvaldo Mello Jr., especialista em engenharia de recursos hídricos.

Leia também:
‘Velho Chico’ termina em silêncio por Domingos Montagner
Relembre atores que morreram durante as novelas
‘Camila Pitanga berrava com as mãos na cabeça por Montagner’

Segundo depoimento da atriz à polícia, eles foram arrastados por uma correnteza. Ela conseguiu se agarrar a uma pedra, mas Montagner não. Ela não conseguiu ajudar o ator e, ao perceber que ele tinha afundado na água, começou a gritar por socorro.

As buscas na região envolveram helicópteros do Grupamento Tático Aéreo, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, salva-vidas, ambulâncias e pescadores locais. O corpo do ator foi encontrado no começo da noite preso nas pedras, a 30 metros de profundidade, próximo da Usina Hidrelétrica de Xingó.

Às 10 horas, a Secretaria de Segurança Pública de Sergipe vai conceder uma entrevista coletiva para explicar como foi o resgate do corpo de Montagner.