Metaleiros versus pagodeiros: Angra acusa Parangolé de plágio

Banda de heavy metal acusa pagodeiros baianos de copiar acordes de uma canção gravada em 2001

Acusações de plágio na música pop são tão antigas quanto a própria musica pop. Não raro músicos e bandas famosas são levados às barras dos tribunais para se defender ou admitir que se apropriaram de acordes e letras alheias em composições.

Nesse rol estão nomes conhecidos como Jorge Ben Jor contra Rod Stewart, em 1979, e Joe Satriani contra os britânicos do Coldplay, em 2008, por exemplo. No Brasil, deu-se o improvável: a banda de heavy metal melódico Angra acusou esta semana o grupo de pagode baiano Parangolé de plagiar uma de suas canções.

A discussão se tornou pública na última terça-feira (19) quando os músicos das respectivas bandas, Kiko Loureiro e Leo Santana, trocaram acusações no Twitter. Para Kiko, o Parangolé usou trechos da música Nova Era na música Asevixe.

Segundo Loureiro, a decepção não é com a suposta cópia mas por quem o teria feito: “Temos que nos conformar (…), mas só não queria que começasse pelo Parangolé…”. Leo Santana, responsável pela difusão da bomba musical chamada Rebolation, contra-atacou dizendo que a música tem quatro anos e foi apresentada à banda por um colaborador. Os fãs do Angra criaram a hashtag #parangolixo para protestar nas redes sociais.

Nova Era, a suposta canção plagiada, foi gravada em 2001. Os metaleiros não informaram se vão à justiça resolver a disputa. Enquanto não decidem, as conclusões podem ser tiradas ouvindo as músicas aqui.