Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Menos de mil pessoas pedem reembolso por ausência de Lady Gaga

Deputado estadual afirma que pode entrar com uma ação contra o Rock in Rio. Fãs homenageiam cantora dentro do Parque Olímpico

Apesar da enxurrada de reclamações nas redes sociais, o cancelamento do show da cantora Lady Gaga ainda não se mostrou um revés financeiro para a organização do Rock in Rio. Cerca de 700 pessoas apenas pediram reembolso do ingresso do primeiro dia de festival até agora. Nas próximas semanas, no entanto, o assunto promete render ainda. Em entrevista ao jornal O Dia de hoje, o presidente da Comissão de Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (ALERJ), Luiz Martins (PDT) afirmou que pretende entrar com uma ação civil pública contra a organização. “Tem gente que veio de outros estados só para ver a Lady Gaga, que era a principal atração da noite. Mesmo quem entrar hoje na Cidade do Rock vai ter apenas a prestação parcial do serviço. Os consumidores também poderão entrar com ações individuais por dano moral”, explicou Martins.

Entre os fãs que não trocaram seus ingressos, há um sentimento duplo de frustração e conformismo com a situação. Três amigos cearenses, Raul Plasma, 28 anos, Weiber Queiroz, 23, e Caíque Pinheiro, 23, viajaram mais de 2 500 quilômetros da cidade de Aracati, litoral do Ceará, até o Rio de Janeiro com um único propósito: assistir pela primeira vez ao show de Lady Gaga. “Logo após o Superbowl, quando houve a confirmação do show, já decidimos que viríamos e começamos a nos planejar. Nos hospedamos no Hotel Fasano só para ficarmos mais próximos dela e, quem sabe, termos a chance de conhecê-la”, contou Raul. Caíque, o mais novo da turma, contou que se desesperou ao receber a notícia do cancelamento. “Eu chorei e ri ao mesmo tempo, de nervoso. No começo, tínhamos certeza que não passava de uma pegadinha, não queríamos acreditar que pudesse ser verdade. Depois fomos entender que não. Quando a ficha caiu, foi a pior parte.”, conta. Hoje pela tarde não havia a tradicional aglomeração de fãs ao lado das grades do Palco Mundo.

O cearenses Raul Plasma, Weiber Queiroz e Caíque Pinheiro, fãs da cantora Lady Gaga (Isabela Izidro/VEJA.com)

O trio decidiu homenagear Lady Gaga esta noite. Weiber e Raul improvisaram um chapéu de palha e o pintaram de rosa, em referência à capa de Joanne, o último álbum de Gaga. “Não pensamos em pedir o reembolso porque já estávamos aqui. Não conhecíamos o Rio ainda e curtimos algumas outras atrações do festival como a Pablo Vittar e a Ivete ”, explica Weiber. Para os amigos, a cantora Anitta poderia ter sido uma boa substituta para Lady Gaga (a banda Maroon 5 fará o show de encerramento hoje): “A Lady Gaga abrange toda uma comunidade LGBT. Eles precisavam ter trazido alguém desse gênero. Alguém a altura.”, finaliza Raul