Mauricio de Sousa, pai de duas Mônicas

Em autobiografia, autor conta como criou a menina dentuça e invocada e sua famosa turma de amigos — que já venderam mais de 1 bilhão de revistinhas

O criador de Mônica, Cebolinha e Cascão começou com tirinhas de jornais, no final dos anos 50, estreladas por garotos como Cebolinha. Foi só quando criou sua primeira personagem feminina, inspirada em uma de suas filhas, Mônica, que Maurício de Sousa estourou. Desde então, estima-se que já tenha vendido um bilhão de revistinhas. E contando: Mônica e sua turma vendem hoje em torno de 2,5 milhões de revistas por mês. Hoje retirado da prancheta de desenho e dedicado só à administração de sua produtora, Maurício de Sousa, 82 anos, conta sua trajetória na autobiografia Maurício de Sousa – A História que Não Está no Gibi, lançamento da editora Primeira Pessoa. A reportagem em VEJA desta semana trata do livro e traz uma entrevista com o autor, que fala de seus personagens – e de seu distanciamento em relação à política.

Para ler a reportagem na íntegra, compre a edição desta semana de VEJA no iOS, Android ou nas bancas. E aproveite: todas as edições de VEJA Digital por 1 mês grátis no Go Read.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. ViP Berbigao

    Um brasileiro Nota MIL!!! Parabéns, meus filhos adoram ler suas obras que serão eternas nas nossas mentes!

    Curtir

  2. Tio Do lanche

    Revistinha que não tem idade que não goste de ler

    Curtir