Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Marido de pastora Bianca Toledo é detido por suspeita de pedofilia

Ex-cantora gospel fez a revelação nas redes sociais: ‘Eu fui enganada’

Famosa no meio evangélico, a pastora, escritora e ex-cantora Bianca Toledo fez um desabafo em texto e vídeo no Facebook nesta quarta-feira sobre os problemas que tem enfrentado com o marido, Felipe Heiderich. Na publicação, que já soma mais de 5 milhões de visualizações, Bianca conta que seu esposo, que também é pastor, disse ser homossexual e confessou estar envolvido em casos de pedofilia.

Heiderich foi detido na segunda-feira, 4 de julho, pela Delegacia de Atendimento a Adolescência e Criança Vítima (Dcav), em cumprimento de mandado de prisão temporária por suspeita do crime de estupro de vulnerável, tipificado no artigo 217 A do Código Penal, referente à prática de ato libidinoso com menor de 14 anos. Se condenado, ele pode pegar de 8 a 15 anos de prisão.

“Confesso que descobri coisas que não queria ter descoberto, passamos por um momento muito difícil”, conta a pastora. “O que eu descobri é muito grave. Eu o confrontei e ele confirmou que tinha um quadro de homossexualidade latente durante o casamento, o que me fez querer cancelar o casamento”.

Bianca narra que o marido tentou suicídio e foi internado em uma clínica, onde foi diagnosticado com psicose maníaco-depressiva, neurose grave e múltiplas personalidades. “Ele está acautelado por crime de pedofilia. E eu estou esperando a justiça do céu e a Justiça da Terra”, diz. “Eu fui enganada. Fui enganada”, ressalta.

Leia também:

Gospel Ana Paula Valadão é criticada por foto no velório da avó

Leonardo Gonçalves anuncia pausa na carreira – sem prazo para retorno

No texto que acompanha o vídeo, Bianca escreve que o processo de anulação do casamento foi iniciado. “A teologia do Felipe era perfeita, mas seu interior era uma fraude. Me enganou e enganou a todos. É triste, mas é a verdade”, diz. “A investigação de pedofilia torna mais grave e triste tudo que descobri. O pedido de prisão do MP (Ministério Público) foi feito mediante uma série de provas contundentes.”

Leia também:

Marido de Bianca Toledo se defende: ‘acusações falsas’

Histórico – Bianca ficou conhecida em 2001, durante o programa do Raul Gil. Ela ficou grávida do primeiro marido e, próximo ao nascimento da criança, o intestino da cantora se rompeu. Ela passou mais de 50 dias em coma, fez diversas cirurgias e sofreu duas paradas cardíacas. No total, Bianca ficou cinco meses imobilizada no hospital. Sua recuperação aumentou sua fama no meio evangélico. Ela escreveu um livro sobre o ocorrido e passou a viajar pelo Brasil contando sua história de sobrevivência considerada um milagre. Os problemas de saúde, contudo, impediram que ela voltasse a cantar.

O primeiro esposo a deixou enquanto ela estava internada. Já o segundo casamento, ocorrido em 2014, se tornou parte do testemunho de Bianca. O vídeo da cerimônia possui no YouTube mais de 1,3 milhão de visualizações.