‘Mad Men’ se despede sem recorde de audiência nos EUA

Episódio final foi visto por 3,3 milhões de espectadores, apenas a 3ª melhor marca da série

A despedida da série Mad Men, no domingo, rendeu à série a sua terceira melhor audiência — e a mais alta nos últimos dois anos: de 3,3 milhões de pessoas. O recorde do programa foi um episódio de 2013 que chegou a de 3,5 milhões de espectadores.

LEIA TAMBÉM:

Jon Hamm sugere derivado de ‘Mad Men’ com affaire de Sally e Kurt Cobain

Nova York se despede de ‘Mad Men’ com festas e lágrimas

‘Mad Men’ dá adeus com seu lugar garantido na história

Segundo dados divulgados nesta terça-feira pela empresa de consultoria Nielsen, o drama do canal americano AMC obteve o seu melhor registro de espectadores na faixa entre 25 e 54 anos (1,7 milhão de espectadores), a mais cotada pelos anunciantes.

Apesar do sucesso de crítica, Mad Men nunca chegou a ser um fenômeno de massa como Breaking Bad, cujo último capítulo foi acompanhado por 10,3 milhões de pessoas, e The Walking Dead, que terminou sua quinta temporada em março com uma audiência de 15,8 milhões de telespectadores. A estreia da atual temporada de Game of Thrones, na HBO, foi sintonizada por oito milhões de espectadores no último 14 de abril.

Astro de ‘Mad Men’ encara 30 dias de rehab contra o álcool

Jon Hamm, de ‘Mad Men’, ‘troca’ publicidade por política

Mad Men, a série com maior número de indicações ao Emmy da história, ganhou quatro troféus de melhor drama e três Globos de Ouro nessa mesma categoria. Ela também foi incluída por sete anos seguidos na lista do AFI (Instituto do Cinema Americano) de melhores séries do ano.

Seu protagonista, Jon Hamm, nunca ganhou o Emmy apesar de ter recebido sete indicações, mas entrou para a história da televisão como um dos personagens mais turvos, complicados e carismáticos das séries.

(Com agência EFE)