Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Luana Piovani é intimada a depor sobre processo de Kadu Moliterno

Em vídeo, atriz lembrou o episódio em que ator foi acusado de agredir a ex-mulher, Ingrid Saldanha

Luana Piovani foi intimada a prestar esclarecimentos sobre o processo de injúria e difamação que o ator Kadu Moliterno move contra ela. A atriz deve se apresentar na 42ª Delegacia de Policia Civil nesta quarta-feira, dia 26 de abril. Moliterno entrou com ação depois que Luana publicou um vídeo em que lembrava o episódio em que ele foi acusado de agredir a ex-mulher, Ingrid Saldanha.

Segundo o advogado do ator, Jonas Tadeu Nunes, há três procedimentos abertos contra Luana. “Na delegacia, há uma denúncia-crime para apurar se houve injúria e difamação. Paralelamente, o Juizado Especial Criminal apura uma queixa-crime sobre a mesma questão. E há também uma ação por dano moral na 7ª Vara Cível com pedido de indenização de 50.000 reais”, diz.

No vídeo, Luana afirmou: “Kadu Moliterno, que já foi meu par romântico, bateu na esposa. Ela saiu na capa da revista Veja com a manchete: ’Não foi a primeira vez’. Eu não soube de condenação, ele continua trabalhando, fazendo novelas, posando com as novas namoradas em revistas sensacionalistas”, criticou.

A VEJA, Jonas Tadeu Nunes disse que nada foi provado nesse caso. “O processo ficou suspenso no Juizado de Violência Doméstica porque não foi demonstrada agressão, tratou-se de um desentendimento mútuo do casal. E, nesse caso, prevalece o que se chama de presunção de inocência”, disse.