Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

IMPERDÍVEL: Filme traz material inédito sobre caso Amanda Knox

Documentário ‘Amanda Knox’ chegou nesta sexta-feira ao serviço de streaming Netflix

O documentário Amanda Knox é a mais nova adição à lista de produções que revisitam casos reais de crimes, que já inclui títulos como a série documental Making a Murderer e o seriado The People v. O.J. Simpson: American Crime Story. No filme de Rod Blackhurst e Brian McGinn que chegou nesta sexta-feira ao catálogo da Netflix, o público volta ao caso da jovem americana que foi presa em 2007, acusada do assassinato de Meredith Kercher, com quem ela dividia uma casa em Perugia, na Itália, e que foi encontrada violentada e morta com diversos hematomas e cortes no corpo.

LEIA TAMBÉM:
‘Making a Murderer’ e os dilemas morais de um gênero

Amanda foi presa e condenada a 26 anos de cadeia pelo assassinato junto com seu namorado à época, Raffaele Sollecito. O caso foi visto com desconfiança por vários juristas e cientistas forenses e o casal sempre negou o crime, recorrendo da condenação. Na apelação, ficou comprovado, com testes de DNA, que a equipe policial que cuidou do caso havia cometido vários erros de procedimento na coleta de evidências. Os dois acabaram sendo soltos em 2011 e voltaram a ser condenados em 2014, mas foram novamente inocentados e exonerados em 2015.

O documentário da Netflix mostra material inédito, como a filmagem da polícia italiana da casa de Amanda e Meredith na manhã em que o corpo foi descoberto. Além disso, o filme conta também com depoimentos da própria Amanda, de testemunhas, policiais e promotores.