Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Iggy Azalea tem razão: brasileiro pode ser insuportável nas redes

Cantora não foi a primeira celebridade estrangeira a se ver acuada por uma invasão bárbara de fãs e haters prolixos no Instagram e no Facebook

Houve quem se sentisse ofendido quando a rapper australiana Iggy Azalea varreu fotos da cantora Anitta do Instagram. Em parte, por se colocar no lugar de Anitta, em parte por patriotismo: a tese que circula é de que Iggy sacrificou a funkeira porque ela servia de isca para brasileiros que inundavam o perfil com dezenas e dezenas de comentários, muitos deles raivosos. “Como assim, Anitta aparece menos na música Switch?”

A verdade, no entanto, é que quem é digna de compaixão é Iggy Azalea, e não Anitta. Apontado por dez entre dez estudos entre os maiores usuários (heavy users) de redes sociais, o brasileiro pode de fato se tornar inconveniente, prolixo e insuportável em sites como Twitter, Facebook e Instagram.

Iggy não foi a primeira a sofrer com a invasão bárbara de usuários tupiniquins – nem será a última, provavelmente. Lembre outros famosos que foram vítimas da sanha comunicativa brasileira. E aquela que a mereceu.

 

 

Brasileiro ‘odeia’ o Chris

O ator Tyler James Williams, o Chris de Todo Mundo Odeia o Chris

O ator Tyler James Williams, o Chris de Todo Mundo Odeia o Chris (Reprodução/Instagram)

O ator Tyler James Williams, o Chris de Todo Mundo Odeia o Chris, ficou sem paciência com os fãs brasileiros após uma brincadeira viralizar e transformar o Instagram do americano em um depósito sem fim de comentários. Os brasileiros passaram a comentar todas as fotos de Williams com bordões em português do seriado que ele estrelou – como “Você não precisa disso, seu pai tem dois empregos”, em uma imagem em que o ator mostrava vários roteiros de seus próximos projetos. Irritado, ele ameaçou bloquear brasileiros na rede social.

 

Ressaca de Carnaval

O ator e roteirista Marlon Wayans

O ator e roteirista Marlon Wayans (Getty Images/VEJA)

Pobre Marlon Wayans. O ator da comédia As Branquelas curtiu o Carnaval no Brasil neste ano e, para registrar a viagem, publicou fotos com estrelas nacionais como Sabrina Sato e Juliana Paes. Foi o que bastou para o brasileiro se sentir convidado a entrar e comentar – e comentar e comentar. Sempre em português, é claro, porque a covardia faz parte desse tipo de comportamento. “Apertado? A única coisa que vai ficar apertada é o meu sapato descendo pela sua garganta. Responde!”, dizia uma simpática frase na caixa de copmentários. “Kisha, oi garota! Liga para a Naynay e para a Laquanda e diz para trazerem vaselina e navalhas. Eu sei qual é o babado dessas peruas” e “Marcus vai dormir na rua!” foram outras pérolas.

 

Conselho não solicitado

O nadador americano Ryan Lochte e a modelo Kayla Rae Reid (Reprodução/Instagram)

Depois de o nadador americano Ryan Lochte reconhecer ter inventado um assalto para disfarçar a indisciplina de voltar da balada para a Vila Olímpica com o dia já claro, a namorada do atleta, a coelhinha da Playboy Kayla Rae Reid, se tornou alvo dos brasileiros tao bonzinhos. Frases como “open your eyes”, em inglês, e “abra o olho”, em bom português, tomaram os comentários do Instagram da modelo. Para os brasileiros, a controvérsia em torno do assalto no Rio de Janeiro seria uma prova de que Lochte, na verdade, estaria traindo a loira. “Esse cara não merece você. Ele foi um babaca”, disse um usuário. “Desmascarando o gringo safado”, disse outro, como se fosse um justiceiro. Que ninguém chamou. E que não foi ouvido: o casal está junto até hoje.

 

Aquela marca de sandália

A rapper Azealia Banks posta uma selfie no Instagram

Rapper Azealia Banks se envolveu em diversas confusões no Twitter (Instagram/Reprodução)

Bom, essa mereceu. Maior mala sem alça do showbiz atual, a cantora Azealia Banks bate, bate para machucar, e jamais para assoprar. A rapper americana – que é negra e já se envolveu em diversas polêmicas raciais, tanto como agressora quanto como agredida – reclamou de racismo por parte de brasileiros e respondeu com mais preconceito. Azealia, então, recebeu as mais diversas manifestações, virou o assunto mais comentado do Twitter e teve, mais uma vez, sua conta na rede social suspensa. “Quando esses anormais do terceiro mundo vão parar de fazer spam com esse inglês errado falando sobre algo que não sabem? É hilário ser chamada de ‘black whore’ (vadia negra) por brasileiros brancos. Eles deveriam se preocupar com a economia primeiro”, publicou a cantora, iniciando a batalha virtual. Os brasileiros passaram a criticá-la por sua atitude e Azealia, fiel a seu estilo barraqueira, prosseguiu com as ofensas e xingamentos: “Não sabia que havia internet na favela”. Os brasileiros não deixaram barato e criaram a hashtag #DenunciemAContaDaSandália.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. A blogueira destila sua própria babaquice enquanto destila babaquice de brasileiros…

    Curtir