Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Homenagem aos musicais abre 2º dia de desfiles do Carnaval do Rio

Rio de Janeiro, 20 fev (EFE).- Uma homenagem aos musicais que lembrou desde o americano ‘Cats’ até a ‘Ópera do Malandro’ abriu nesta segunda-feira o segundo dia dos desfiles das escolas de samba do Grupo Especial do Rio de Janeiro.

A São Clemente, integrada por 3.500 pessoas, se propôs a transformar a Marquês de Sapucaí em uma espécie de ‘Broadway brasileira’ para mostrar a beleza e o luxo dos maiores musicais de todos os tempos.

A escola, que iniciou seu desfile às 21h (de Brasília), foi a primeira das seis que desfilarão hoje. As outras são União da Ilha, Salgueiro, Mangueira, Unidos da Tijuca e Grande Rio.

Entre a noite do domingo e a manhã desta segunda desfilaram as outras sete escolas de samba do Grupo Especial: Renascer de Jacarepaguá, Portela, Mocidade Independente, Imperatriz Leopoldinense, Porto da Pedra, Beija-Flor e Vila Isabel.

Além do desfile em homenagem aos musicais, o público no sambódromo, cuja capacidade foi aumentada neste ano de 60 mil para 72.500 lugares, poderão ver a apresentação da União da Ilha sobre Londres e a do Salgueiro sobre a tradicional literatura de cordel.

Já Mangueira realizará um desfile sobre o cinqüentenário do Cacique de Ramos, um dos blocos carnavalescos mais tradicionais do Rio, enquanto a Unidos da Tijuca homenageará o músico Luiz Gonzaga.

A Grande Rio, cujo desfile está previsto para as primeiras horas de terça-feira, levará ao sambódromo um enredo sobre a superação, que misturará os sobreviventes das bombas nucleares no Japão aos judeus do Holocausto, aos haitianos após o terremoto e aos sul-africanos após o apartheid.

As escolas que mais se destacaram na primeira noite foram Vila Isabel e Portela. Enquanto a primeira agradou o público com uma exibição de alegorias sobre animais selvagens e deuses africanos, a segunda desfilou confiante na popularidade de seu samba em homenagem à Bahia da cantora Clara Nunes.

Além destas duas escolas, a atual campeã Beija-Flor, com um desfile dedicado à cidade de São Luís do Maranhão, é apontada como favorita conquistar o título deste ano. EFE