Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Gravidade’ foi mais caro que missão espacial indiana

Segundo premiê indiano, lançamento de satélites custou quase 30 milhões de dólares a menos do que a produção americana

O filme Gravidade, vencedor de sete Oscars em 2014, pode ser uma obra de ficção, mas teve custo de produção digno de uma missão espacial real. De acordo com o premiê indiano, Narendra Modi, o orçamento do filme de Alfonso Cuarón foi mais caro que o valor utilizado no lançamento de um satélite do país asiático, realizado na segunda-feira.

De acordo com o site da revista Variety, o programa espacial custou cerca de 4,5 bilhões de rúpias indianas (algo em torno de 74 milhões de dólares), enquanto Gravidade teve um investimento de 100 milhões de dólares. O foguete lançado na ilha de Sriharikota, no sul da Índia, levou ao espaço satélites da Alemanha, França, Canadá e Cingapura.

Leia também:

‘Gravidade’ ofusca vitória de ’12 Anos de Escravidão’

Gravidade: a ciência por trás do filme

Não se sabe, no entanto, se o custo total da missão espacial inclui os gastos com infraestrutura e pesquisas. Após os testes nucleares realizados em 1974, os países ocidentais impuseram sanções à India, que desde então foi forçada a desenvolver sua própria tecnologia espacial.