Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Funeral de Amy Winehouse reúne cerca de 200 pessoas

Celebridades como Kelly Osbourne e Mark Ronson participam da cerimônia

O funeral da cantora Amy Winehouse, morta no último sábado, reúne cerca de 200 pessoas nesta terça-feira, na Inglaterra. Participam da cerimônia amigos e familiares da artista, como a também cantora Kelly Osbourne e o produtor Mark Ronson, responsável pelo disco de maior sucesso de Amy, Back to Black, de 2006. O corpo da cantora será cremado no cemitério Edgwarebury, ao norte de Londres.

O ex-marido de Amy, Blake Fielder-Civil, que cumpre pena de prisão de 32 meses por roubo, foi impedido de comparecer ao funeral por ordem do pai da cantora, Mitch Winehouse. Segundo o tabloide britânico Metro, Mitch teria classificado a presença de Filder-Civil na cerimônia como um “insulto à memória de sua filha”. O ex-marido é apontado como incentivador do uso de drogas pela cantora. O jornal informa ainda que Blake foi deixado de fora também do testamento de Amy, que deixou uma fortuna de aproximadamente 10 milhões de libras (cerca de 35 milhões de reais).

A cerimônia seguirá preceitos judaicos, de acordo com a religião da família de Amy. Por isso, o sepultamento, que pode demorar até uma semana na Grã-Bretanha, foi apressado, já que a tradição judaica pede que o corpo seja enterrado o quanto antes.

A necrópsia realizada nesta segunda-feira não apresentou resultados conclusivos sobre o motivo da morte. Amostras de sangue e tecidos da cantora foram colhidas para esclarecer a presença de drogas e álcool no corpo. O resultado deve sair em quatro semanas. A polícia descartou a possibilidade de crime.