Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Fiuk desabafa sobre Fabio Jr. a Xuxa: ‘Pai ausente’

'Eu era muito sensível e ainda sou. Mas hoje estou tratando', disse o cantor de 25 anos na TV

Um dos maiores sucessos de Fábio Jr., a música Pai poderia ser cantada para ele pelo filho Fiuk. Versos como “Pai, você foi meu herói, meu bandido” caem bem como trilha da relação entre Fábio Jr. e Fiuk, que quase desistiu da música por mágoa do pai. “Ele era ausente”, disse o cantor de 25 anos à apresentadora Xuxa, na noite desta segunda-feira, na Record.

LEIA TAMBÉM:

Fiuk adota visual ‘Azul É a Cor Mais Quente’ – só que não

Fiuk bate o carro em São Paulo

Seis razões para não levar Fiuk a sério

“Todo mundo que me via falava: ‘Filho do Fábio Jr: filho de peixe, peixinho é’. Só que isso pegava meio errado na minha cabeça. Eu era criança, não entendia por que meu pai era ausente. Depois que cresci, entendi. Mas peguei um pouco de asco. Não vou fazer o que meu pai faz porque ele é ausente. Quero ser qualquer coisa na vida, menos cantor. Eu era muito sensível e ainda sou. Mas hoje estou tratando”, disse.

A culpada pela carreira musical de Fiuk, que também é ator, foi sua mãe, Cristina Karthalian, que o incentivou a tocar violão aos 8 anos. “Eu criei uma coisa em volta de mim. Cantar? Imagina. Então, quando descobri a paixão, fiquei com vergonha. Demorei anos para falar para o meu pai que tinha banda. Minha mãe teve que me dar a primeira guitarra escondida do meu pai. Quando vi, já amava música. Tive que assumir para mim mesmo, para o meu pai, para a minha mãe, e eu já tinha dois anos de banda.” A vergonha com relação ao pai foi quebrada depois que Fiuk gravou uma música de Fabio Jr., o hit Só Você.

Fiuk ainda falou sobre a fama de pegador, outra característica compartilhada com o pai, e disse que a diferença é que é “mais quietinho”.