Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Filhos de Michael Jackson pediram para ver o pai morto

O médico Conrad Murray, acusado de homicídio culposo no caso Michael Jackson, relembrou reações de Paris, Prince e Blankett ao falecimento do cantor, no 10º dia de julgamento

O médico Conrad Murray contou detalhes da reação dos filhos de Michael Jackson diante da morte do pai, no décimo dia de seu julgamento por homicídio culposo do músico, nesta terça-feira, em Los Angeles.

Em depoimento gravado pelos policiais no dia da morte do cantor, e ouvido novamente no tribunal, Murray contou que Paris e Prince, os filhos mais velhos de Michael, quiseram ver o corpo do pai no necrotério do hospital. Foi o médico, inclusive, que informou as crianças sobre a morte do cantor.

Paris reagiu horrorizada à notícia e repetiu muitas vezes que não queria ser órfã. “Como o senhor salvou tantas vidas e deixou meu pai morrer?”, perguntou a menina ao médico. “Irei acordar amanhã e saber que não verei meu pai”, lamentou Paris.

Se condenado pela morte não intencional de Michael Jackson, morto em 25 de junho de 2009 por overdose de propofol, medicamento usado para induzir o sono, Conrad Murray poderá pegar até quatro anos de prisão.