Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Família de Johnny Depp ‘odiava’ Amber Heard

Parente é serpente? No caso de Johnny Depp e Amber Heard, é possível que seja. A relação dos dois, que acabam de se separar, estaria sendo envenenada pela família do ator, que “detesta” a atriz, 22 anos mais nova do que ele. As informações são do site de fofocas americano TMZ.

LEIA TAMBÉM:

Johnny Depp perde a mãe e a mulher em apenas dois dias

Johnny Depp é o ator menos rentável de Hollywood em 2015

Após caso de cães, Johnny Depp e ministro australiano trocam farpas

Em vídeo bizarro, Johnny Depp pede desculpa à Austrália

Johnny Depp teria gasto US$ 400.000 para salvar os cachorros

O “ódio” tem várias fontes: não apenas os filhos do ator, o que seria até esperado, mas também sua mãe e suas duas irmãs, com quem Amber teve diversos bate-bocas. Para as Depp, a atriz trataria Johnny como uma “bela porcaria”. A separação se deu três dias após a morte da mãe do ator, Betty Sue Palmer, o que deve ter deixado o clima na família ainda pior.

Verdade seja dita, Johnny Depp contribuiu para o acirramento dos ânimos. No começo do ano, mostrando pouca habilidade política, ele levou a mãe para morar com ele e Amber Heard em Los Angeles. A sogra passou a espalhar para amigos e conhecidos que a atriz se aproveitava da fama e do dinheiro do marido, e que o usava para impulsionar a própria carreira.

Antes da mudança, Betty Sue Palmer e Johnny Depp só se viram uma única vez desde o casamento do ator com Amber Heard — e a atriz foi culpada pela família por essa distância entre eles.

Relembre a ciranda amorosa de Johnny Depp: