Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Estúdio paga R$ 21 mi para levar ‘O Alquimista’ para o cinema

PalmStar Company e Tristar pretendem começar as gravações já em 2017

O estúdio Tristar, da Sony Pictures Entertainment, assumiu a adaptação do livro O Alquimista, assinado pelo brasileiro Paulo Coelho, às telonas. O título, anteriormente da The Weinstein Company, foi vendido a PalmStar Company pela pechincha de 6,5 milhões de dólares (cerca de 21 milhões de reais) durante o Festival de Cinema de Toronto. A produtora, então, se juntou à filiada da Sony para tirar o projeto do papel. Um presente (de grego) para os fãs da sétima arte.

O Alquimista já vendeu mais de 65 milhões de cópias em todo o mundo e foi traduzido para 56 idiomas, sob o título de livro mais traduzido da humanidade, segundo o Guinness Book. A PalmStar planeja dar início às gravações em meados de 2017, para lançar o longa já em 2018. Até o momento, nenhum diretor foi citado para encabeçar o longa.

LEIA TAMBÉM
Paulo Coelho abrirá seu próprio museu na Suíça
Paulo Coelho é mais traduzido do que ‘Harry Potter’

O enredo da pérola de Coelho segue a jornada do pastor Santiago da Espanha ao Egito na busca por um tesouro enterrado aos pés das pirâmides de Gizé. Na empreitada, ele passa por uma mística experiência e desvenda grandes questões da história da humanidade.