Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Estilo ‘americanizado’ dos candidatos volta a incomodar no ‘The Voice Brasil’

Canções em inglês e versões repaginadas de músicas nacionais foram as favoritas entre os jurados

Um incômodo antigo do The Voice Brasil deu as caras já no segundo episódio da nova fase do programa, que continua a exibir as audições às cegas – quando os jurados ficam de costas analisando apenas a voz dos concorrentes. Na edição de 2013, o vencedor Sam Alves chegou a ser criticado por seu estilo “americanizado” de cantar, que mistura português e inglês em uma mesma música, além dos característicos vocais gritados parecidos com músicos dos Estados Unidos. Agora, entre os nove candidatos aprovados na noite desta quinta-feira, três entoaram faixas em inglês, enquanto os demais fizeram versões repaginadas de canções nacionais, bem distantes do estilo local.

Músicas como Chão de Giz, de Zé Ramalho; Azul, de Djavan; e Marina, de Dorival Caymmi, foram apresentadas em versões suingadas, com linhas de baixo mais perceptíveis e distintas das originais, de modo que até quem não se considera purista quanto à música brasileira pode ter torcido o nariz. Os intérpretes-calouros das canções citadas foram, respectivamente, Paulynha Arrais, Agnes Jamille e Tabatha Fher.

LEIA TAMBÉM:

Claudia Leitte promete festival de decote no ‘The Voice’

‘The Voice’: Claudia Leitte segue a favorita do público – que cria memes

Ritmo acelerado e Michel Teló sincero marcam o retorno do ‘The Voice’

O segundo capítulo da quarta temporada foi uma continuação do episódio de estreia, transmitido na semana passada, tanto que os jurados desfilaram o mesmo figurino. Claudia Leitte manteve o visual colegial japonesa, enquanto Carlinhos Brown não terminou de secar o cabelo e deixou a toalha enrolada na cabeça. O que se repetiu também foram as caras e bocas pouco naturais dos técnicos durante as apresentações. A parte boa é que os comentários foram bem feitos, o que mostra um conhecimento muito maior em comparação aos jurados do SuperStar, outro reality musical da Globo.

Thaís Moreira, Franciele Karen e Marcos Matarazzo foram os três que cantaram em inglês e seguiram para a próxima fase. A candidata Ana Paula Nogueira apresentou Baião sem muitas modificações em relação à original, de Luiz Gonzaga, e foi reprovada. A voz de Bruno Faglioni soou fraca em Pensando em Você – gravada anteriormente por Claudia Leitte – e ele também foi eliminado. Dani Lino, que cantou Meu Erro, dos Paralamas do Sucesso, quase ficou de fora, mas foi aprovado no último segundo, em um gesto de bondade de Carlinhos Brown.

Os destaques da noite foram Del Feliz, que cantou o Espumas ao Vento, de Accioly Neto, e Ayrton Montarroyos, que se apresentou com Força Estranha, de Caetano Veloso. A fase às cegas continuará na próxima semana. Abaixo, como estão os times de cada jurado do The Voice Brasil.