Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Elba Ramalho critica sertanejo no São João: ‘Não é festa do peão’

Em apresentação em São Paulo, na tarde deste domingo, cantora pediu equilíbrio entre sertanejos e forrozeiros, a tradicional atração das festas juninas

Os sertanejos dominam o mercado musical há anos, e agora podem dominar também as festas de São João, costumeiro reduto do forró. Para os fãs do gênero de Luiz Gonzaga e para os apegados às tradições, a invasão é vista como ameaça. Uma campanha pela sobrevivência dos forrozeiros no São João vem ganhando força na internet, em especial nas redes sociais e no Nordeste, onde o São João é coisa séria — as festas mobilizam cidades e movimentam altas cifras em turismo e gastronomia. Neste domingo, em apresentação aberta na Avenida Paulista, a cantora paraibana Elba Ramalho deu seu apoio à campanha. “São João não é festa do peão”, afirmou.

 

Elba contou que até ela, que é um medalhão nordestino, teve dificuldade para entrar na programação de uma das grandes festas da região — ela não revelou qual; as maiores festas do Nordeste são as de Campina Grande, na Paraíba, e Caruaru, em Pernambuco.  “Até eu, para entrar em uma das grandes festas, e  estou há pelo menos dezesseis anos fazendo a tradição,  tive que conversar com o prefeito da cidade, que me falou para escolher outra data e reduzir o cachê, eu disse não”, disse ela. “Quando me perguntaram em Caruaru sobre a campanha, eu disse que acho que tem que equilibrar. É um direito do sertanejo estar no São João. Mas a grade de programação não pode ser feita de dezoito sertanejos e dois forrozeiros. Não é a festa do peão.”

Em seguida, Elba contemporizou, para evitar atritos com os sertanejos. “Isso não quer dizer que eu não ache os sertanejos maravilhosos. Eu acho. Cabe todo mundo. O céu está cheio de estrelas, nenhuma atropela a outra. Mas deixe junho para o São João.”

 

 

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. ANTONIA TERESINHA SABOIA

    Parabéns, Elba! Mais um pouco e o nosso tradicional forró será esquecido e não conhecido pelos mais jovens! Que sertanejo vá fazer sua festa em Barretos! Viva Gonzaga, viva Elba, viva Marinês sua gente!

    Curtir

  2. Marcos Ficarelli

    Elba está tentando fazer as pazes com a maioria dos seus fãs que se afastaram – com muita razão – pelas besteiras que ela plantou. Nem devia ser ouvida, mas aqui no Brasil tudo se perdoa. Ela tem razão neste tema, mas terá que prová-lo … pela última chance.

    Curtir

  3. Alvaro Alfredo Risso

    Se ela está falando do nordeste tudo bem, lá a tradição do São João é o forró. Aqui no sudeste, e adjacências, as festas juninas sempre foram sertanejas. O sertanejo nessas festas no nordeste é um caso recente. Morei 18 anos em Fortaleza e ia a Caruaru, Campina Grande, Mossoró etc nessas épocas e a tradição sempre foi o forró, mas nas últimas que frequentei o forró pé-de-serra estava desaparecendo. Os frequentadores são os jovens de agora que não tem a tradição do pé-de-serra.

    Curtir

  4. Rodrigo Vieira

    É só lançar novidades Elba, inovar, modernizar, encantar!!!

    Curtir

  5. Reinaldo Favoreto Júnior

    pois, é, Elba, a MPB virou um lixo inacreditável depois que foi pra mãos de “empresários”

    Curtir

  6. Artur Britto

    Apertaram a Lei Rouanet e os artistas têm que concorrer um com o outro para ganhar dinheiro. Agora esses vagabundos que vivem do dinheiro público têm que trabalhar.

    Curtir

  7. Ronaldo Pretti

    Elba parece estar dizendo que faz de tudo “por amor ao forró”. Aí vem a frase brilhante: OXXI, REDUZIR O CACHÊ !!! ÊTA PREFEITO “ABESTADO” . . . . . . . . .

    Curtir

  8. Osvalmir valmir

    Concordo em partes que a Elba, porem não concordo no sentido sertanejo pq não pode tocar sertanejo com forró? o que não pode é tocar o tal do funk e pagode da Bahia, olha que sou Baiano mas não tem nada ver timbalada e Léo Santana com São joão, sem falar em Ivete, Claudia Leite e outros mais aí sim discordo.

    Curtir

  9. Dou meu apoio a esta grande estrela da música brasileira. Mas infelizmente, creio q causa está perdida.

    Curtir