Com ingressos mais baratos, mas não muito, Cirque du Soleil traz novo espetáculo ao Brasil

Preço mais baixo é de 140 reais, contra 230 reais na turnê 'Quidam', de 2009 a 2010. Pré-venda para apresentações de São Paulo começa em 8 de junho

O Cirque du Soleil volta ao Brasil a partir de setembro para uma turnê de quase um ano por oito cidades do país. Na viagem, traz na mala o espetáculoVarekai, que terá ingressos mais baratos que os anteriores do grupo – pero no mucho. As entradas vão variar de 140 a 395 reais, valores permitidos, segundo Fernando Altério, presidente da Time For Fun, empresa responsável por trazer o espetáculo ao país, ao momento econômico e ao câmbio mais baixo. “Nossa intenção é ampliar o acesso”, disse Altério, que se reuniu com a imprensa nesta terça-feira em São Paulo. A turnê Quidam, que esteve no Brasil de 2009 a 2010, teve ingressos a partir de 230 reais.

Leia também:

Leia também: Prazos, preços e datas para a bilheteria de Cirque du Soleil em cada cidade

As apresentações acontecem a partir de 15 de setembro, data da estreia em São Paulo. Rio de Janeiro (8 de dezembro), Belo Horizonte (19 de janeiro), Brasília (23 de fevereiro), Recife (30 de março), Salvador (3 de maio), Curitiba (8 de junho) e Porto Alegre (12 de julho) vêm na sequência. Não foi revelado o montante investido para trazer o espetáculo ao país.

cirque-du-soleil-varekai

cirque-du-soleil-varekai (VEJA)

Questionado a respeito, Jorge Nasser, diretor de marketing do banco patrocinador, desconversou. “Foi investido mais do que poderíamos e menos do que gostaríamos, é tudo que posso falar”. O banco é o patrocinador exclusivo do evento. A opção de não captar recursos por meio de leis de incentivo se deve às críticas sofridas quando da vinda do espetáculo Saltimbancos ao Brasil, em 2006. O espetáculo fez uso de milhões de reais de cofres públicos, mas vendeu ingressos a valores inacessíveis a grande parte da população.

Varekai significa “onde quer que seja” em linguagem cigana e, segundo Mathieu Gatien, diretor do espetáculo, traz um pouco do que é a vida no circo. O espetáculo é baseado no mito de Ícaro, o jovem que desejava voar, mas teve suas asas derretidas pelo sol e morreu na queda – nesse ponto, Cirque de Soleil muda um pouco a história e Ícaro acaba aterrissando em Varekai, uma floresta mística. “Sob todos os aspectos, Varekai é uma celebração da vida, uma explosão de energia”, disse Gatien.

O diretor também aproveitou para contar um pouco sobre como a equipe de artistas lida com a pressão de apresentar um espetáculo de altíssimo nível. Segundo ele, a expectativa de excelência do público é muito grande, mas entre os artistas é ainda maior. “Os artistas têm talento e uma disciplina muito grande”, disse. Para Gatien, os brasileiros se identificarão com Varekai, principalmente pela trilha sonora composta por Violaine Corradi, que mistura diferentes influências culturais, com forte percussão. “Apesar de ser a primeira vez que apresentamos esse espetáculo no Brasil e na América Latina, sentimos que estamos em casa pelo espírito festeiro que ele tem.”

A pré-venda dos ingressos para as apresentações de São Paulo começa nesta quarta-feira para associados American Express Membership Cards e dos cartões Bradesco. A partir do dia 11 de julho, iniciam-se as vendas ao público em geral. Mais informações no site do espetáculo.