Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Coletivo exige resposta sobre fala ‘machista’ de Faustão ao vivo

Apresentador também chamou de “doida” aquela que pensa que pode se juntar a um parceiro agressivo e “recuperá-lo”

No último domingo, Faustão causou polêmica ao falar, ao vivo na TV, sobre “mulher que gosta de homem que dá porrada”. O apresentador recebeu uma chuva de comentários contrários a sua declaração nas redes sociais. Agora, a Rede Mulher e Mídia, coletivo de entidades que defendem direitos das mulheres e lutam contra a violência doméstica, enviou à Globo um pedido de direito de resposta no Domingão do Faustão, segundo afirma a coluna de Mônica Bergamo, desta sexta-feira, no jornal Folha de São Paulo.

Segundo a colunista, as organizações  afirmam que as declarações do apresentador são ofensivas, “atentam contra a dignidade da mulher, uma vez que reforçam estereótipos que há muito vêm sendo rechaçados pelo conjunto das mulheres brasileiras, e corroboram para a manutenção do machismo”. E exigem que como possui uma concessão pública, a Rede Globo deve manter compromisso com a ética.

A Globo diz, em resposta ao jornal, não ter recebido recebido o pedido até a noite desta quarta-feira, e afirmou que “sempre defendeu os direitos da mulher em campanhas de conscientização, no seu conteúdo jornalístico e de entretenimento e em ações de responsabilidade social veiculadas em suas obras de dramaturgia e por apoio a projetos de entidades civis”.

Faustão soltou a frase polêmica durante uma conversa com Luan Santana, durante o Dança dos Famosos. O cantor disse que se acha mau dançarino e que precisa de umas aulas, no que foi incentivado por Fausto Silva. “Homem que sabe dançar leva vantagem ou não?”, disse ele, buscando apoio da plateia, que concordou. Foi então que o apresentador fez uma preleção sobre o universo feminino. “Tem mulher que gosta de homem bêbado, que dá porrada. Tem mulher que é doida. ‘Ah, vou recuperar.’ Então, vai ser enfermeira, pô. Mas tem mulher que gosta de homem que sabe dançar, que puxa a cadeira, é educado, escova os dentes”, completou.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Flavios Nunes

    É mais fácil ele provar o que disse do que elas provarem que ele está errado.
    Agora, uma pergunta: um coletivo de feministas é um ônibus cheio de mulheres do suvaco cabeludo?
    Eca!

    Curtir

  2. Flavio Gonzalez

    E interessante que, quando ele afirma que loira e burra, que mulher quer dinheiro, que criança e muito chata, que o marido da telespectadora e brocha, entre outros improperios, nenhum coletivo , ong, ou lideranças de defesa do telespectador fragilizado vem querer direito de resposta. Numa coisa assim so posso acreditar que a carapuça serviu, deu certinho. Sera que é caso de ter a pia , quer dizer, ter a pia cheia de pratos sujos pra lavar e enxugar, panelas pra ariar, ou ter um tanque cheio de roupa pra lavar na mão. Povinho estranho, sô!

    Curtir

  3. E desde quando “coletivo” tem moral para exigir alguma coisa? Essa palavra até deveria ser banida ou proibida de ser usada nesse sentido esquerdista que deram a ela…

    Curtir

  4. Erika Santto

    Acho um exagero toda essa polêmica, pois o Faustão não falou nenhuma mentira.
    O que ele disse é verdade pois vejo muita mulher assim por aí.

    Curtir

  5. Renato Couto

    Bom da dona do posto de gasolina, que exigi sexo para empregar os frentista, ninguém fala! E depois e o Faustão que é machista?

    Curtir

  6. Faustao esta corretissimo (nunca pensei que diria isso).

    Curtir