Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Clint Eastwood rodará filme sobre herói do ‘milagre do Hudson’

Após o sucesso de Sniper Americano, Clint Eastwood já planeja seu próximo projeto, Sully, sobre o piloto Chesley Sullenberger, que milagrosamente salvou a vida de todos os passageiros de um avião ao fazer um pouso de emergência sobre o rio Hudson em janeiro de 2009. O filme “irá além daquela conquista quase impossível” e examinará o drama que se desenvolvia em paralelo e que poderia ter custado “sua reputação e sua carreira”.

LEIA TAMBÉM:

Estreia de ‘Sniper Americano’ é recorde de Clint Eastwood

Bebê tosco de Bradley Cooper em ‘Sniper Americano’ vira piada

A história analisará o homem que se transformou em herói nacional após salvar a vida das mais de 150 pessoas que estavam a bordo da aeronave. O avião em que viajavam precisou voltar à terra pouco após decolar, porque os motores não funcionavam, e a única solução encontrada por Sullenberger foi pousar na água, perto das margens da ilha de Manhattan.

O roteiro do filme estará nas mãos de Todd Komarnicki e se baseará em Highest Duty: My Search for What Really Matters (‘O maior dever: a busca pelo que realmente importa’, em tradução livre), livro de memórias de Sullenberger. O produtor Frank Marshall adquiriu os direitos do livro em 2010 e se debruça sobre o projeto desde então. “Estou muito contente que minha história esteja nas mãos de um narrador tão prodigioso como Clint Eastwood”, afirmou o piloto em comunicado.

Sniper Americano foi o filme de maior bilheteria do ano passado nos EUA, com mais de 350 milhões de dólares arrecadados.

Chesley “Sulley” Sullenberger, um capitão aposentado famoso pela aterrissagem de um avião comercial no rio Hudson em Nova York no ano de 2009 (VEJA)

No dia 15 de janeiro, o voo 1549 da US Airways fez um pouso de emergência no rio Hudson, em Nova York. O piloto, Chesley 'Sully' Sullenberger III, foi aclamado como heroi nacional por salvar a vida das 155 pessoas que estavam a bordo.

No dia 15 de janeiro, o voo 1549 da US Airways fez um pouso de emergência no rio Hudson, em Nova York. O piloto, Chesley ‘Sully’ Sullenberger III, foi aclamado como heroi nacional por salvar a vida das 155 pessoas que estavam a bordo. (VEJA)

(Com Estadão Conteúdo)