Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Christie’s exibe rara obra de Picasso em Londres antes de iniciar leilão

Londres, 15 jun (EFE).- A casa de leilões Christie’s exibiu nesta sexta-feira em Londres a obra ‘Mujer con Perro’ (1962), do espanhol Pablo Picasso, que será leiloada no dia 20 de junho por um preço estimado entre US$ 9,3 milhões e US$ 14 milhões.

O quadro do pintor espanhol é uma das obras do leilão de Arte Impressionista e Moderna de 71 lotes da tradicional casa londrina, que deverá alcançar um valor total de até US$ 197,4 milhões.

Outro destaque deste leilão é a obra ‘A Jovem Banhista’ (1888), de Renoir, que está avaliada entre US$ 18,7 milhões e US$ 28,1 milhões. Além destas telas principais, o leilão também inclui obras de Paul Gauguin e de René Magritte.

‘Mujer con Perro’, que não era exibida em público desde 1973, quando foi divulgada em Chicago, ‘relata uma cena cotidiana da última grande musa do pintor, a Jacqueline’, explicou hoje à Agência Efe Jay Vincze, diretor do departamento de Arte Impressionista e Moderna da sala de leilões.

Vincze descreveu a obra do pintor espanhol como ‘um colorido retrato de sua segunda mulher, Jacqueline Roque, ao lado de seu cachorro, Kaboul, que Picasso pintou em um período de grandes mudanças’.

O artista ‘tinha abandonado seu lar de Cannes para ir viver em Notre-Dame-de-Vic, próximo de Mougins (França). Essa foi uma das possíveis mudanças que desencadeou uma incrível explosão de criatividade em Picasso, momento em que ele criou uma série de trabalhos inovadores e vivos’, explicou o especialista da Christie’s.

Outro quadro pintado pelo pintor espanhol também será leiloado no dia 20 de junho. A obra ‘Mulher Sentada’ (1949) possui um valor estimado entre US$ 7,8 milhões e US$ 11,7 milhões.

‘Este leilão reflete a grande demanda atual entre os colecionadores. Muitas das obras saem à venda pela primera vez em uma geração, sendo que a maioria não foi apresentada ao público durante décadas’, explicou Vincze.

O diretor do departamento de Arte Impressionista e Moderna da Christie’s ressaltou ‘a qualidade, a raridade e a beleza destas obras’, que representam todo um período artístico. EFE