‘Chaves’: atriz diz ter ganho direitos sobre ‘Chiquinha’

Batalha judicial entre María Antonieta de las Nieves e Roberto Bolanõs migra do tribunal para a imprensa. Enquanto ela diz que a filha de Seu Madruga agora é dela, o filho de Chespirito diz que o processo não terminou

A atriz mexicana María Antonieta de las Nieves, conhecida internacionalmente por encarnar a Chiquinha do humorístico Chaves, para sempre na programação do SBT, diz ter ganho na justiça os direitos sobre a personagem. A vitória de María Antonieta colocaria fim a uma disputa de dez anos entre a atriz, de um lado, e, do outro, o criador do seriado, Roberto Bolaños, e a emissora Televisa. Pelas declarações controversas publicadas pela imprensa mexicana, no entanto, a batalha apenas mudou de espaço. Roberto Gómez Fernández, filho de Chespirito (Bolaños), afirma que o processo não terminou.

LEIA TAMBÉM:

Chiquinha da série ‘Chaves’ volta atrás na decisão de se aposentar

‘Chaves’ retorna para casa após ser internado

“Agora Chiquinha é só minha”, anunciou María Antonieta, que ganha a vida se apresentando como a filha de Seu Madruga durante um espetáculo de circo em Lima, no Peru. As declarações foram reproduzidas pela imprensa de toda a América Latina. “Foram doze anos de guerra nos tribunais, e por isso nem comemorei quando soube que venci o julgamento, mas até agora a ficha não caiu”, disse ainda a atriz, que prepara uma autobiografia. O livro, segundo ela, terá o cuidado de não incomodar os ex-companheiros de trabalho, como o próprio Bolaños, de quem, ela garante, gosta “muito”.

LEIA TAMBÉM:

SBT cede à pressão dos fãs e volta a exibir ‘Chaves’

Confira as derradeiras fotos do personagem Kiko do ‘Chaves’

O outro lado – Segundo a imprensa mexicana, Roberto Gómez Fernández, filho de Chespirito (Bolaños), disse que nenhuma decisão judicial foi tomada recentemente em favor de nenhuma das partes e que o processo continua em curso. Para ele, María Antonieta tem e seguirá tendo a liberdade de usar a personagem em suas apresentações, independentemente do resultado.

Fernández também declarou que María Antonieta, que disse gostar “muito” de Bolaños, descartou se reconciliar com ele.