Casa do pianista Nelson Freire é roubada e assistente fica ferido

Dois assaltantes invadiram o imóvel na Zona Oeste do Rio de Janeiro em setembro, quando o músico viajava a trabalho

A casa do pianista Nelson Freire no bairro de Joá, Zona Oeste do Rio de Janeiro, foi roubada na tarde do dia 24 de setembro, quando o músico estava viajando a trabalho, para fazer apresentações na Austrália. A informação foi confirmada ao site de VEJA por seu assistente, João Bosco (como o cantor), que estava em casa e foi surpreendido pelos dois assaltantes.

LEIA TAMBÉM:
Nelson Freire interpreta Harmonies du Soir, de Franz Liszt

Eles também pareceram surpresos com a presença de Bosco, segundo ele conta, e o esfaquearam na região do estômago. Ele ficou hospitalizado por uma semana, mas já se recupera bem.

Segundo Bosco, os assaltantes levaram cartões de crédito e um computador. Bosco e Freire registraram boletim de ocorrência.