Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Cartas da Guerra’ traz cartas de amor de António Lobo Antunes

Filme português conta história de médico que é chamado para Guerra Colonial no leste da Angola e, no meio do caos, escreve à mulher

António Lobo Antunes escreveu cartas à sua mulher diariamente durante os dezoito meses em que esteve na Guerra Colonial Portuguesa, a partir de 1971. A experiência foi base para o livro Cartas da Guerra, lançado em 2005 pelo autor e vertido agora para o cinema pelo diretor português Ivo Ferreira. O longa, batizado com o mesmo título do livro, contará a história do médico que foi enviado para um dos locais mais violentos da batalha, no leste da Angola. A produção ganhou seu primeiro trailer, com a declamação de frases dessas cartas por uma mulher, como se fosse a esposa do escritor a ler os textos que recebia, e que formam um poema em preto e branco. 

Com diversas imagens da experiência do protagonista António, que será interpretado por Miguel Antunes, o filme português contrasta a violência do embate com as palavras de amor das cartas. O longa foi exibido no Festival de Berlim e tem previsão de estreia no Brasil para 13 de julho.