Cara Delevingne assume, pela 1ª vez, ser bissexual

Modelo e atriz confirmou namoro com a cantora St. Vincent

A modelo e atriz Cara Delevingne falou pela primeira vez sobre ser bissexual e o namoro com a cantora St. Vincent. Em entrevista à revista Vogue americana, a jovem britânica afirmou estar apaixonada pela artista indie. “Acredito que amar minha namorada é uma grande parte de estar feliz com quem eu sou recentemente”, diz. “E para estas palavras saírem da minha boca é praticamente um milagre.”

Cara afirmou ter vivido uma fase confusa com sua sexualidade ainda na adolescência, enquanto lutava contra ansiedade e depressão. “Levei muito tempo para aceitar a ideia. Até que eu me apaixonei por uma menina, aos 20 anos, e entendi que eu tinha que aceitar isso”, diz.

Leia também:

Cara Delevingne se destaca em trailer de ‘Cidades de Papel’

A confissão não é uma grande novidade. Apesar de nunca ter falado abertamente sobre o assunto, Cara já foi vista aos beijos diversas vezes com a atriz Michelle Rodriguez, de Velozes & Furiosos, com quem namorou em 2014. Mesmo assim, ela prefere não assumir um rótulo, já que também tem um histórico com rapazes. “Eu só tenho sonhos eróticos com homens”, afirma.

“Mulheres me inspiram, mas também me machucam. Eu só sofri até hoje por causa de mulheres. E minha mãe foi a primeira delas”, diz sobre a relação conturbada na infância com sua progenitora, a modelo Pandora Delevingne, famosa nos anos 1980 e ex-viciada em cocaína. “Talvez um dia eu encontre um cara que eu me apaixone, queira me casar e ter filhos. Mas isso me assusta muito. Ficou preocupada que um homem me deixe, assim que ele realmente me conhecer”, diz a modelo de 22 anos.