Capitão Gay, de Jô Soares, pode virar filme de Matheus Souza

Diretor de 'Apenas o Fim' deve assinar o roteiro e a direção do longa-metragem

A onda da nostalgia não tem fim. Matheus Souza, o jovem diretor de Apenas o Fim, filme selecionado para integrar o catálogo da Netflix em todo o mundo, quer levar para o cinema o Capitão Gay, personagem de Jô Soares no humorístico Viva o Gordo, sucesso da TV nos anos 1980.

O projeto é gestado dentro da Zola, produtora do cineasta José Henrique Fonseca (O Homem do Ano e Heleno), que tem por sócia, entre outros, a mulher, a atriz Claudia Abreu.

Ainda não há previsão para o início das filmagens ou nomes cotados para o elenco.