Brasileiro Alberto Costa e Silva vence Prêmio Camões

O poeta paulista é autor de livros sobre a cultura e a história da África

O poeta, ensaísta e historiador brasileiro Alberto Costa e Silva é o vencedor do Prêmio Camões de 2014, anunciou nesta sexta-feira o júri da premiação, considerada a mais importante das letras em língua portuguesa. Costa e Silva foi escolhido por unanimidade pelos jurados, que destacaram a importância do trabalho do poeta como uma ponte entre a América Latina, África e Europa.

Leia também:

Moçambicano Mia Couto leva o Prêmio Camões 2013

Nascido em São Paulo em 1931, Costa e Silva é membro da Academia Brasileira de Letras desde 2000 e foi presidente da instituição entre 2002 e 2003. O poeta é autor de diversos livros sobre a cultura e a história da África, como A Enxada e a Lança e A Manilha e o Libambo, ambos editados pela Nova Fronteira. Costa e Silva também atuou como diplomata nas embaixadas do Brasil em países como Portugal, Espanha e Estados Unidos.

O Prêmio Camões foi criado em 1988 pelos governos de Portugal e Brasil com o objetivo de escolher um escritor cuja obra contribua à projeção e ao reconhecimento da língua portuguesa, que conta com mais de 230 milhões de falantes no mundo. Em 2013, o moçambicano Mia Couto levou o prêmio.

(Com agência EFE)