Brad Pitt é investigado por agredir os filhos

TMZ indica que ator pode ter tido uma briga feia com a família durante um voo de avião

A separação de Brad Pitt e Angelina Jolie não está sendo nada amigável. De acordo com o site americano TMZ, primeiro veículo a noticiar o fim de Brangelina, o ator está sendo investigado pela polícia de Los Angeles por uma suposta agressão aos filhos. Fontes contaram que o ator, Angelina e as seis crianças estavam num voo em um jatinho privado, na quarta-feira da última semana, quando Brad teria ficado bêbado e se descontrolado, o que resultou em gritos e agressão física contra as crianças.

LEIA TAMBÉM:
Atriz apontada como pivô de separação deseja ‘paz’ a Brangelina
Brad Pitt fala sobre separação: ‘O que importa são nossos filhos’
Angelina Jolie pede divórcio de Brad Pitt

Ainda segundo o site americano, quando o avião pousou à noite, Brad continuou a surtar na pista do aeroporto, e tentou sair em um caminhão de combustível que abastecia os aviões. Alguns funcionários do local teriam testemunhado tudo, e um anônimo denunciou o ocorrido para o Departamento de Crianças e Famílias de Los Angeles. Brad e Angelina já teriam dado depoimentos aos encarregados da investigação, e as crianças também estariam prestes a ser interrogadas, segundo narram as fontes do TMZ.

A briga no avião teria sido o grande motivo para Angelina entrar com o pedido de divórcio na última segunda-feira. No processo, a artista cita “diferenças irreconciliáveis”, e o próprio TMZ alega que ela não concordava com a maneira como Pitt estaria cuidando dos filhos. “[Brad] leva isso muito a sério e diz que ele não agrediu seus filhos. É uma pena que as pessoas continuem a retratá-lo de uma maneira ruim”, disse uma fonte próxima ao ator ao site americano.

ATUALIZAÇÃO: A polícia de Los Angeles negou que o ator esteja sendo investigado por agredir os filhos. “Compreendemos que surjam muitos rumores agora e esperamos poder esclarecer as coisas. O sr. Brad Pitt não está sendo investigado”, disse um porta-voz ao site da revista The Hollywood Reporter.

Apesar de a polícia de Los Angeles ter se pronunciado sobre o assunto, o caso agora, na verdade, está com o FBI, segundo o TMZ e o site da revista People. Isso porque a agressão teria acontecido enquanto a família estava no ar, em um avião, voando da França para os Estados Unidos — ou seja, não seria da jurisdição da polícia de Los Angeles. Com isso, a polícia encerrou o caso e o encaminhou ao FBI.