Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bons restaurantes italianos em Salvador

Confira os estabelecimentos da categoria que valem a visita

O roteiro a seguir, com catorze estabelecimentos, integra a edição de VEJA COMER & BEBER Salvador 2017/2018:

Pasta em Casa: eleito melhor restaurante italiano pelo júri
Cada detalhe desta casa reflete o olhar atento do casal de proprietários. Enquanto a mineira Valeska Calazans usa sua expertise em moda na escolha dos elegantes uniformes da brigada e dos tecidos que revestem as almofadas do salão, o paulistano Celso Vieira comanda o time de cozinheiros. Do início acanhado, como uma rotisseria que ocupava apenas a garagem do imóvel, foi mantida a produção diária de massas frescas, carro-chefe do lugar. A loja no térreo segue operante, mas o restaurante se expandiu para um bem decorado salão no piso superior, onde há cozinha envidraçada. Com bagagem que inclui formação no Italian Culinary Institute for Foreigners (Icif), no Piemonte, Vieira serve, no jantar, receitas como o fagottini de queijo, presunto cru e figo sobre sugo da casa (R$ 57,00). Durante o almoço, é imbatível a ilha de massas (R$ 49,80 por pessoa ou R$ 64,90 com uma carne), que dá ao cliente o direito de repetir à vontade três variedades — o ravióli verde de mussarela de búfala ao molho de tomate fresco está sempre entre as opções. Para anteceder ou acompanhar os pratos, a carta de drinques assinada pelo premiado bartender Márcio Silva, do bar Guilhotina, em São Paulo, reúne combinações autorais, como o gim-tônica perfumado por maxixe e biri-biri (R$ 26,00). Recentemente, foi inaugurado um terceiro ambiente, batizado de Forneria Pasta em Casa, cujo foco são as pedidas assadas no calor da lenha. Rua Professora Almerinda Dultra, 67, Rio Vermelho, ☎ 3334-7232 (130 lugares). 12h/15h30 (sáb. e dom. almoço até 17h; qua. a sáb. também jantar 19h/23h30). Aberto em 2012. $$$

2º lugar: Di Liana
O restaurante, fundado por Liliana Morelli Allegro, foca as receitas do norte da Itália. Entre os destaques está o filetto del doge (R$ 126,90, para duas pessoas), um filé-mignon grelhado com molho de salsa, guarnecido por fettuccine verde ao molho de quatro queijos. Como entrada, a opção mais popular reúne berinjela, pimentão, cebola e tomate seco no azeite acompanhados por pães e torradas (R$ 41,90, para dois). No almoço, de segunda a sábado, há menu executivo a R$ 59,90. Rua Macapá, 314, Ondina, ☎ 3331-1266 (150 lugares). 12h/15h30 e 19h/22h30 (qui. 12h/16h e 19h/23h; sex. 12h/16h30 e 19h/0h; sáb. 12h/17h e 19h/0h; dom. 12h/22h30). Aberto em 1981. $$$

3º lugar: Alfredo
O restaurante retirou o “Di Roma” do letreiro, passando a se chamar somente Alfredo. A preferência da clientela recai sobre o risoto pescatore (R$ 89,90), preparado com mexilhão, polvo, camarão e lula. Novidade, o profiterole supreme (R$ 26,00) é uma massa envolta por camada de chocolate e servida com calda quente. De segunda a sábado, o almoço tem menu executivo a R$ 59,90, com opções que mudam mensalmente e podem incluir o rigatoni com ragu de linguiça e crepe de doce de leite. Avenida Oceânica, 1545 (Hotel Atlantic Towers), Barra, ☎ 3331-7775 (85 lugares). 12h/16 e 19h/23h. Aberto em 1993. $$$

Bella Napoli
O fettuccine com frutos do mar (R$ 121,40, para duas pessoas) faz sucesso entre os clientes. Mas o carro-chefe continua sendo o filé à parmigiana (R$ 118,70, para duas pessoas), com até duas guarnições, como batata frita e arroz. A torta da nona (R$ 22,90), bolo de chocolate meio amargo acompanhado de sorvete de creme, finaliza a refeição. Alameda das Espatódeas, 491, Caminho das Árvores, ☎ 3354-1962 (160 lugares). 11h30/15h e 18h30/23h (seg. só almoço, sex. e sáb. jantar até 0h e dom. 11h30/16h30). Aberto em 1962. $$$

Bottino Ristorante Italiano
No restaurante do carismático Cláudio Bottino, faz sucesso a lasanha de camarão com molho de queijo brie (R$ 79,90, para duas pessoas). O filé à parmigiana (R$ 49,60) também tem boa saída e é servido com fettuccine. O creme búlgaro (R$ 15,00) encerra a refeição. No almoço, de segunda a sábado, há festival que inclui entrada, principal e sobremesa por preços que variam de R$ 44,90 a R$ 54,90. Praça Brigadeiro Faria Rocha, Rio Vermelho, ☎ 3012-2085 (60 lugares). 12h/15h e 19h/23h (sex. 12h/0h; sáb. 12h/0h; dom. 12h/17h; fecha seg.). Aberto em 1989. $$

Cantina Buoni Amici
O novíssimo restaurante italiano permite que o cliente escolha sua massa, entre penne, linguine, espaguete e fettuccine, e molho de sua preferência. A sugestão favorita dos clientes é a provençal (R$ 88,00, serve duas pessoas), feita com camarões, alho, ervas, vinho branco e filé de tomate. Outro prato popular é o filé à parmigiana (R$ 68,00, serve duas pessoas). Para petiscar, a bruschetta
(R$ 14,00, três unidades) lidera a preferência enquanto a sobremesa mais pedida é o tiramisu tradicional (R$ 16,00). Para beber, há mais de 130 rótulos de vinho. Rua Amazonas, 1252, Pituba, ☎ 3042-9020 (70 lugares). 12h/23h (fecha seg.). Aberto em 2017. $$

Cantina da Cheiro
A antiga pizzaria Cheiro de Pizza incluiu carnes e massas em seu menu dando lugar à nova Cantina da Cheiro. Entre as massas, há opções como o ravióli de massa fresca recheado com camarão, catupiry e especiarias com molho rosé (R$ 39,90 o individual e R$ 59,90 para duas pessoas). Entre os mais de trinta rótulos da carta, está o vinho chileno Pacifico Sur Sauvignon Blanc 2016 (R$ 29,90). No almoço, a casa promove o circuito no qual o cliente pode combinar três tipos de massa com quatro opções de molho e repetir à vontade (R$ 29,90 por pessoa). Avenida Vasco da Gama, Dique do Tororó, ☎ 3389-0448 (150 lugares). 12h/0h. Mais dois endereços. Aberto em 2017. $$

Cantina Du Vini
Na casa do chef Vinícius Figueira, o destaque são as parmigianas, caso da de camarão (R$ 88,00, para duas pessoas), servida com batata frita ou purê de batata com queijo. O tinto italiano Montepulciano D’Abruzzo DOC (R$ 65,90) é um dos rótulos presentes na carta de vinhos. No almoço, por R$ 39,90, é possível pedir o menu com entrada, principal e sobremesa. Travessa Bartolomeu, 124, Rio Vermelho, ☎ 3013-8181 e 99121-5609 (65 lugares). 12h/15h30 e 18h/23h (sex. e sáb. até 0h). Aberto em 2012. $

Di Liana
O restaurante, fundado por Liliana Morelli Allegro, foca as receitas do norte da Itália. Entre os destaques está o filetto del doge (R$ 126,90, para duas pessoas), um filé-mignon grelhado com molho de salsa, guarnecido por fettuccine verde ao molho de quatro queijos. Como entrada, a opção mais popular reúne berinjela, pimentão, cebola e tomate seco no azeite acompanhados por pães e torradas (R$ 41,90, para dois). No almoço, de segunda a sábado, há menu executivo a R$ 59,90. Rua Macapá, 314, Ondina, ☎ 3331-1266 (150 lugares). 12h/15h30 e 19h/22h30 (qui. 12h/16h e 19h/23h; sex. 12h/16h30 e 19h/0h; sáb. 12h/17h e 19h/0h; dom. 12h/22h30). Aberto em 1981. $$$

Isola dei Sapori
O negócio, que começou como sorveteria, ampliou o cardápio e se tornou um restaurante. O fettuccine com frutos do mar (R$ 98,90, para duas pessoas), feito com lambreta, camarão, lula e mexilhões, hoje é o destaque do menu. O gelato italiano, porém, continua sendo produzido na casa e segue como a sobremesa preferida pela clientela. O sabor pistache, por exemplo, sai por R$ 10,00 a bola. Rua Guedes Cabral 123, Rio Vermelho, ☎ 3012-0766 (40 lugares). 18h/23h (sex. e sáb. 12h/15h e 19h/0h; dom. 12h/18h; fecha seg. e ter.). Aberto em 2017. $$ 

La Mássima Pasta Gourmet
A casa, especializada em massas artesanais, também conta com um empório. No restaurante, o destaque do cardápio é o ravióli de açafrão com mussarela de búfala, manjericão e molho pomodoro da casa (R$ 39,90). Todos os pratos são acompanhados por uma entrada, que pode ser uma cesta de pães com manteiga aromatizada ou uma salada de folhas, tomate-cereja, queijo frescal, pera cozida na canela e molho pesto. Av. Anita Garibaldi, 1834, loja 3, Centro Médico Empresarial, ☎ 3019-7900 (22 lugares). 10h/19h (sáb. 9h/17h). Aberto em 2011. $

La Pasta Gialla
No cardápio da rede, idealizado pelo chef Sergio Arno, destacam-se as massas artesanais, como o tagliatelle com grana padano (R$ 65,00). Antes, abre o apetite a porção de bruschetta de tomate confitado e pesto (R$ 65,00, para três pessoas). Encerra a refeição o clássico tiramisu (R$ 22,00). Além de serem consumidas no restaurante, as massas são vendidas na rotisseria (a partir de R$ 30,00 o quilo). Rua São Paulo, 488, Pituba, ☎ 3011-6599 (90 lugares). 12h/15h e 19h/22h30 (dom. 12h/17h; seg. e ter. só 12h/15h; sex. e sáb.
12h/0h). Aberto em 2008. $$

Osteria Dell’Agazzi
Intimista, com direito a piano e luz de velas, o restaurante abre apenas às sextas e aos sábados. Para garantir um dos 32 lugares da casa, o ideal é reservá-lo com antecedência. Saem da cozinha pratos como o nono pino (R$ 58,00), massa recheada com taioba ao molho de queijo e castanhas-de-caju, e o constantino (R$ 59,00), nhoque de fruta-pão ao molho genovês e cogumelos. Adoça o paladar a tortinha de chocolate acompanhada de sorvete de pitanga (R$ 27,00). Rua Antônio Passos, 30, Federação, ☎ 99910-0102 (32 lugares). Sex. e sáb. 19h/0h. Aberto em 1987. $$$

Zafferano
Eleito o melhor italiano na edição 2015/2016 de VEJA COMER & BEBER, o restaurante continua a servir boas receitas. É o caso da costeleta de cordeiro ao vinho do Porto (R$ 64,90), servida com batata rösti com cogumelo e brie. Entre as sobremesas, faz sucesso o romeo giulietta (R$ 19,90), que consiste em sorvete de queijo e calda de goiabada. Rua Leonor Calmon, 256, loja 11, Centro Médico Chris tian Barnard, Candeal, ☎ 3353-6223 (58 lugares). 11h30/15h e 19h/23h (seg. só almoço). Aberto em 2005. $$$