Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Boi Preto Prime: a melhor carne de Salvador

Premiada treze vezes por VEJA COMER & BEBER Salvador, a rede paulistana aterrissou na capital há quase três décadas

Em ritmo acelerado, cerca de quarenta garçons circulam entre as mesas oferecendo carnes suculentas, recém-saídas de uma enorme churrasqueira. Com quase 10 metros de comprimento, ela consome pelo menos 6 toneladas de carvão todos os meses para assar, ao calor da brasa, os mais de vinte cortes preparados no espeto. Servida em sistema de rodízio, a seleção inclui a costela prime, o assado de tira e o bife ancho, mas é a tradicional picanha que segue como a favorita do público. Apresentados na companhia de molho ou geleia de hortelã, cortes de cordeiro provenientes do Uruguai, entre eles a paleta e o carré, também fazem sucesso. Para ladear as carnes apontadas pelo júri de VEJA COMER & BEBER como as melhores da cidade, são levadas à mesa batata frita, cebola empanada e banana à milanesa. As demais guarnições incluídas no preço de R$ 129,90 compõem um farto bufê. Sobre a bancada, são alinhadas mais de 100 sugestões entre saladas e pratos quentes, cujas receitas costumam valorizar os ingredientes do mar, caso do bacalhau e do camarão. O valor dá direito ainda a sushis e sashimis feitos em um balcão à vista dos clientes. Disposta na entrada do salão, a adega guarda mais de 3 000 garrafas e tem rótulos como o chileno Casa Silva Los Lingues Cabernet Sauvignon 2015 (R$ 140,00). Avenida Octávio Mangabeira, 5095, Jardim Armação, ☎ 3362-8844 e 3371-1429 (350 lugares). 12h/16h e 19h/23h (sex. a dom. sem intervalo). Aberto em 1989. $$$$

O farto bufê o ambiente do restaurante campeão da categoria melhor carne (Ligia Skowronski/VEJA)

2º lugar: Barbacoa 
Entre os grelhados sobre a pedra vulcânica da char broiler, os clientes pedem cortes como a costeleta de cordeiro (R$ 102,50) e o assado de tira (R$ 79,90). O serviço dá direito a um acompanhamento, a exemplo do purê de mandioquinha ou da farofa da casa. Ainda incluso no valor do corte, há um bufê de saladas. Na sobremesa, o serviço de bufê custa R$ 16,90 por pessoa e reúne vinte tipos de doce, como a torta búlgara e o pudim de leite. Na carta de vinhos, com 150 rótulos, figura o tinto argentino Alamos Malbec 2016 (R$ 112,00). Avenida Tancredo Neves, 909, Caminho das Árvores, ☎ 3342-4666 (580 lugares). 11h30/16h e 18h/0h (sex. e sáb. sem intervalo até 1h; dom. até 17h). Aberto em 1999. $$$

3º lugar: La Pulperia
Acomodados em mesas à sombra das árvores, os clientes podem provar cortes de carnes nobres e mais de 150 rótulos de vinhos, como o chileno Marques de Casa Concha Cabernet Sauvignon (R$ 147,90). Da parrilla argentina, saem o bife de chorizo (R$ 69,00) e o ancho (R$ 69,00). Ambos dão direito a dois acompanhamentos, a exemplo do arroz pampeiro (com batata palha, bacon, ovo e cebolinha) e das batatas bravas, apimentadas. De terça a quinta, o menu executivo em três etapas custa de R$ 39,90 a R$ 55,90, com opções como misto de linguiças e picanha angus. Rua Novo Horizonte, 39, Acupe de Brotas, ☎ 3016-4396 (90 lugares). 12h/16h e 19h/23h (ter. e dom. só 12h/16h; fecha seg.). Aberto em 2012. $$$