Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bilhete de Kurt Cobain era “brincadeira de amor” escrita por Courtney Love

Carta com ofensas à esposa do ex-Nirvana foi encontrada na carteira do roqueiro durante investigações de seu suicídio

O bilhete nada romântico encontrado na carteira de Kurt Cobain, com diversos comentários depreciativos direcionados à Courtney Love, não foi escrito pelo ex-vocalista do Nirvana como se imaginava e sim pela própria Courtney, informou o jornal The Guardian.

A informação foi dada à publicação por Charles R Cross, biógrafo do roqueiro, considerado o maior especialista na banda, que recebeu um e-mail de Courtney explicando a história. Segundo a cantora, ela escreveu o bilhete e deu a Cobain antes do casamento dos dois, em 1991.

As ofensas seriam, na verdade, uma brincadeira de amor do casal, que de vez em quando escrevia bilhetes sarcásticos um para o outro. Segundo o jornal, a caligrafia da carta é de Courtney.

Leia também:

Membros do Nirvana se reúnem em tributo à banda

Agora amigos, Courtney Love posta foto abraçada a Dave Grohl

Histórico – O bilhete foi encontrado pela polícia de Seattle na carteira de Kurt Cobain durante a investigação de seu suicídio, em abril de 1994, e mantido em segredo durante os últimos vinte anos. O texto ironiza o que seriam votos de casamento e Courtney é chamada de “esposa esfarrapada” e “vadia com espinhas”.

Suposto bilhete de Kurt Cobain divulgado pela polícia de Seattle

Suposto bilhete de Kurt Cobain divulgado pela polícia de Seattle (VEJA)