Bíblica ‘A Terra Prometida’ sobe mais e iguala recorde: 18 pontos

Derrubada e invasão de Jericó pelos hebreus tem esquentado a audiência da trama da Record

A invasão de Jericó pelos hebreus, um dia após a derrubada dos muros da cidade, que fica no meio do caminho de Josué (Sidney Sampaio) e seu povo para a Terra Prometida, levou a trama bíblica da Record a igualar a sua melhor marca de audiência: o capítulo desta terça-feira registrou 18 pontos em São Paulo, o mesmo número da estreia da novela, em julho. No mesmo horário, das 20h50 às 21h56, as novelas infantojuvenis do SBT obtiveram média de 11 pontos. No Rio, a audiência da Record foi um ponto maior que em São Paulo — e onze pontos acima do índice do SBT. 

O episódio desta terça-feira teve duas mortes. Josué entrou em Jericó e ficou cara a cara com a rainha Kalesi (Juliana Silveira), que tentou subornar o herói com ouro — sem sucesso, claro. Para se defender do rei Marek (Igor Rickli), que está escondido e aparece de repente, de surpresa, o herói o mata. A rainha então tenta lançar as serpentes contra Josué, mas é atingida por uma flechada de Zaqueu (Ricky Tavares). Ela cai e é ela quem se torna presa das serpentes.

O avanço — e a luta — dos hebreus continua nesta quarta-feira, quando Josué encontrará o soldado Mascarado, que finalmente vai revelar a sua identidade.