Bargaço: melhor restaurante de peixes e frutos do mar de Recife

Moquecas fartas, preparadas como manda a tradição baiana, dividem a atenção com outras receitas litorâneas

São as moquecas, servidas em panelas de barro, fumegantes e coloridas, que mais fazem sucesso nesta bem-sucedida filial da rede, fundada em Salvador, em 1971. Para duas pessoas ou mais, como todas as outras, a de camarão com lagosta leva aquele caldo dourado valorizado pelo dendê e com pouco coentro, como reza a tradição baiana (R$ 158,00). De acompanhamento, arroz, pirão e farofa. Também para dois, o camarão à flor do pina é feito com o crustáceo gratinado, purê de jerimum, raspas de coco, creme de espinafre e catupiry (R$ 146,00). A caldeirada sinfonia marítima combina camarão com lagosta, pescada-amarela, polvo e sururu e sacia, sem desafinar, a fome de três pessoas (R$ 190,00). Para come- çar, boas pedidas são a casquinha de siri (R$ 12,00 a unidade) e a porção de bolinhos de bacalhau (R$ 51,00, com seis unidades). Dos mais de 200 rótulos da carta de vinhos, destacam-se o argentino Chardonnay Alta Vista Premium (R$ 113,00) e o alentejano Esporão Reserva (R$ 145,00). A cocada de forno com sorvete de tapioca é uma excelente opção para fechar a refeição (R$ 23,00).

Avenida Engenheiro Antônio de Góes, 62, Pina, 3465-1847 (220 lugares). 12h/0h (sex. e sáb. até 1h). Aberto em 1991. $$$

2º Lugar – Beijupirá

Na rede que pertence à chef Adriana Didier, muitos dos clientes têm suas receitas preferidas. Entre elas está o camarão tropical, flambado em uísque e servido com molho branco dentro da metade de um abacaxi ao lado de cubos da própria fruta e arroz de castanha­ de­ caju (R$ 71,00). Antes, vale pedir um gratinado de queijo de coalho ralado com cebola, pimentão, tomate e salsinha sobre discos de beiju de tapioca (R$ 24,80). Das sobremesas, o crepe com sorvete de tapioca, mel de engenho e xerém de castanha custa R$ 22,50.

Rua Saldanha Marinho, s/nº, Alto da Sé, Olinda, 3439-6691 (120 lugares). 12h/0h (dom. 12h/17h; fecha ter.). Mais cinco endereços. Aberto em 1992. $$$

 

3º Lugar – Chicama

Na varanda com vista para o encontro do mar com o rio na Bacia do Pina, esta casa do chef Biba Fernandes é dos melhores lugares para saborear pescados no Recife. Ostras e lambretas frescas são escolhidas direto do aquário. As primeiras podem ser gratinadas (R$ 42,00, com seis unidades). Já as lambretas recebem creme picante de ají e vinho branco (R$ 45,00 a dúzia). Dos pratos principais, o arroz de polvo com camarão grelhado sai a R$ 115,00. Dá para dividi­lo, e vai bem com o vinho branco argentino Latitud 33° Chardonnay (R$ 69,00).

Cabanga Iate Clube de Pernambuco, 3428-4277 (150 lugares). 12h/15h e 18h/0h (sáb. 12h/0h; dom. 12h/17, só para sócios, convidados e sob reserva; fecha seg.). Aberto em 2014. $$$$