Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Autozoação’: Cassetas voltam para mostrar ‘vida após o sucesso’

Grupo volta com série de vinte episódios para o canal pago Multishow, no ar a partir desta segunda-feira

Fora do ar há quatro anos, o grupo que ficou conhecido pelo humorístico Casseta & Planeta, da Globo, volta para a televisão nesta segunda-feira, no canal pago Multishow, a partir das 23h15. Beto Silva, Cláudio Manoel, Hélio de La Peña, Hubert Aranha, Marcelo Madureira e Reinaldo Figueiredo prometem que o característico humor da trupe vai estar de volta na série Procurando Casseta & Planeta para matar as saudades dos fãs, mas revelam também a estratégia para conquistar o público mais jovem, que não lembra ou não conheceu o programa da emissora carioca. “Vai ter autozoação. Isso é pouco comum no meio artístico, mostrar a vida pós-auge e sucesso”, diz Claudio Manoel.

Veja também

A série de vinte episódios começa a partir de um falso documentário e com base em “fatos irreais”: na história, um grupo de documentaristas decide ir atrás dos humoristas para descobrir por onde eles andam. Claudio, por exemplo, perdeu todo o dinheiro para a ex-mulher ao se divorciar e trabalha caracterizado como o personagem Maçaranduba em uma loja; Beto faz shows vestido como a personagem Acarajette Lovve; Hubert virou empresário de subcelebridades; Hélio vive em uma comunidade onde pratica capoeira; Madureira, antes líder da direita, sofre uma lavagem cerebral em Cuba e retorna de esquerda; Reinaldo é um rico dono de clubes de jazz.

Juntos após o documentário, eles decidem retomar o grupo, mas se envolvem em várias enrascadas ao longo dos episódios. Bussunda, integrante do Casseta & Planeta que morreu em 2006, será lembrado com imagens de arquivo e nas conversas entre os outros membros.

“Recebemos sempre feedback das pessoas nas ruas e elas sentem falta (do Casseta & Planeta). É um humor afiado nessa nova série, falando de tudo, brincando e zoando com a gente mesmo. Nós somos os principais alvos da nossa nova série”, diz Hubert. “É o nosso primeiro trabalho em grupo na TV depois da parada. Foi bem divertido, tanto a parte da redação, as velhas manias que voltaram. Esse reencontro foi bem divertido mesmo”, afirma Hélio.

A redação dos episódios ficou a cargo de quatro integrantes – Reinaldo e Marcelo voltaram apenas como atores. “Também há mais de quinze participações especiais, de Boni a Kid Bengala, Miá Mello, Samantha Schmütz, Nelson Motta, Edu Sterblitch… São cerca de quarenta atores no casting. É um trabalho bem diferente do que estávamos habituados a fazer”, diz Claudio. Maria Paula, que integrava a equipe do programa na Globo, também vai fazer uma participação.

Integrantes do 'Casseta & Planeta'

Integrantes do ‘Casseta & Planeta’ (Guto Costa/Multishow/Divulgação)

Novo humor

Os comediantes concordam que houve mudanças no humor desde que eles saíram do ar. “As coisas estão mudando. A sociedade muda e algumas piadas vão perdendo a graça. Mas o exagero do politicamente correto, às vezes, fica ridículo”, diz Reinaldo. “Não é só o humor, acho que o mundo está mais politicamente correto. Sempre brincamos com tudo e temos isso como marca”, aponta Hubert. “Desde que saímos da TV aberta, o humor factual também saiu um pouco do ar e está todo na internet”, afirma Claudio. Questionados se eles iriam se curvar diante do politicamente correto, Hubert aproveita para fazer uma piada: “Não vamos nos curvar diante de nada. Na nossa atual faixa etária, não dá para se curvar muito, porque dá dor na lombar”.

Do humor que está sendo feito hoje no país, eles afirmam gostar do Porta dos Fundos, em especial de Fábio Porchat, de Marcelo Adnet, Tatá Werneck, Danilo Gentili, Edu Sterblitch. Mas o bom trabalho com a comédia não se restringe à televisão. “O site Sensacionalista tem feito vários golaços e supre bem essa lacuna da crítica do cotidiano”, diz Claudio Manoel. “Nos quadrinhos, estão aparecendo caras muito bons, tipo Bruno Maron e Ricardo Coimbra. E, nos livros, desde sempre, temos o infalível Luis Fernando Verissimo”, aponta Reinaldo.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Marcos Ficarelli

    Eles são o máximo. Agora, com a queda do PT (que os detestava e detestava tudo o que era feliz e engraçado), quero reencontrá-los na TV. Oba!!!

    Curtir