Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Amy estava feliz como nunca esteve’, diz pai da cantora

Amy Winehouse estava feliz quando morreu, de acordo com seu pai. Mitch Winehouse declarou em entrevista ao site Us Weekly que sua filha não estava tão feliz fazia anos. “Ela viu Janis (a mãe) e Reg (o namorado) na sexta-feira e estava bem humorada. Naquela noite, ela estava em seu quarto tocando bateria e cantando”, contou.

Segundo Mitch, naquela noite, o segurança pessoal de Amy recomendou a ela que fizesse silêncio, pois já era tarde. Quando foi vê-la no dia seguinte, percebeu que já não estava mais respirando. “Saber que ela não estava deprimida e que morreu feliz nos faz sentir melhor”, disse.

O pai de Amy não acredita que sua morte tenha alguma relação com o abuso de drogas. Ele afirmou que a filha estava livre das drogas há três anos e estava em abstinência de álcool há três semanas.

Mitch disse ainda que, assim que soube da morte da filha, já pensou em criar uma Fundação Amy Winehouse para “ajudar as coisas que ela amava – crianças, cavalos – e também para ajudar aqueles que estão lidando com o vício”, disse.

O corpo da cantora de 27 anos foi cremado nesta terça-feira, 26, após uma cerimônia fechada ao público, no norte de Londres.