Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Agridoce Café é o campeão da categoria em Porto Alegre

No salão de decoração charmosa e improvável, a clientela numerosa encontra bons grãos, variedade de métodos de extração e doces de produção própria

Os sócios Guilherme Testa e Raquel Sonemann encontraram no casarão erguido há quase 100 anos na Cidade Baixa o lugar ideal para montar um café. O pé-direito de 4 metros de altura permitiu que a dupla soltasse a criatividade na idealização do espaço colorido, pontuado por uma coleção de peças garimpadas em antiquários. O resultado aconchegante agradou e, com menos de um ano de funcionamento, o negócio incorporou o imóvel vizinho e dobrou de tamanho, sem perder o charme.  Abajures presos ao teto, com a cúpula de cabeça para baixo, dão ar surrealista a essa área. No cardápio, brilham itens de confeitaria produzidos na casa, entre eles o mil-folhas de doce de leite (R$ 15,00) e a cheesecake com calda de frutas vermelhas (R$ 14,00). Os doces fazem bom par com o expresso (R$ 4,50), elaborado com grãos do Alto Caparaó, em Minas Gerais.  Ele também serve de base para o cappuccino (R$ 7,50) e receitas geladas, como o julep coffee (R$ 15,00), com leite batido e um xarope de hortelã e manjericão feito lá mesmo. Os clientes podem optar por outros métodos de extração, como a prensa francesa (R$ 16,00), o filtro Hario V60 (R$ 13,00) e a aeropress (R$ 14,00), que usam três matérias-primas: duas mineiras, da Serra do Caparaó e do Cerrado Mineiro, e uma rotativa. Ao cair da tarde, as mesinhas vão ficando concorridas, e fazem sucesso as pedidas salgadas, como a quiche de cebola caramelada e gorgonzola (R$ 14,00) junto do chope Bardos Beta Blonde (R$ 9,50, 300 mililitros). A qualquer hora do dia, sirva-se à vontade: a água filtrada é cortesia.

Rua Sarmento Leite, 1024, Cidade Baixa, (51) 3392-7746 (84 lugares). 12h/22h (fecha seg.). Aberto em 2014.

2º Lugar – Press café

Consagrada em outras ocasiões como a melhor cafeteria pela VEJA COMER & BEBER Porto Alegre, a marca tem uma linha de cafés especiais que acompanham um cardápio eficiente de doces e salgados. Os baristas preparam pedidas como o queridinho black love doppio (R$ 10,90), um expresso duplo coberto com raspas de chocolate meio amargo. A bebida pode ir à mesa com a baguete lisboa (R$ 25,00), recheada de ovo cozido em fatias, tomate, presunto, queijo, lascas de azeitona preta e manteiga. É sempre uma escolha acertada o mil-folhas de doce de leite (R$ 9,20), clássico da rede. Para a hora do almoço, há algumas sugestões reforçadas.

Moinhos Shopping, (51) 3395-1072, 10h/22h30 (dom. e feriados 12h/21h). Mais quatro endereços. Aberto em 2002.

3º Lugar – Baden cafés Especiais

Muito procurada para pequenas reuniões de trabalho, a casa torra o próprio café. Os grãos chegam de fazendas de Minas Gerais, Espírito Santo e São Paulo. Além do expresso (R$ 5,00), há o lacrimá, feito com leite cremoso (R$ 9,00). A cesta com pão italiano, de beterraba e integral, entre outras variedades, chega à mesa acompanhada de queijo de coalho e geleia orgânica de hibisco (R$ 13,50).

Avenida Jerônimo de Ornelas, 431, Santana, (51) 3209-7427 (62 lugares). 11h30/20h30 (sáb. 14h/20h; fecha dom.). Aberto em 2012.