Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Adele sobre depressão pós-parto: ‘Tenho um lado sombrio’

Cantora se abriu sobre as dificuldades de lidar com a chegada de seu primeiro filho, Angelo

Capa da edição de dezembro da revista Vanity Fair, Adele falou sobre os dramas trazidos pela maternidade. A cantora revelou que sofreu com depressão pós-parto após o nascimento de seu filho, Angelo, 3 anos.

“Eu tenho um lado sombrio. Sou propensa à depressão”, diz. “Começou quando meu avô morreu, eu tinha 10 anos. Nunca tive pensamentos suicidas. Mas faço terapia desde então”.

Adele conta que voltou a sentir a doença quando Angelo nasceu. “Eu achava que os sintomas da depressão pós-parto se manifestavam em situações como a mãe não querer o filho, achar que vai machucá-lo, ou que não está fazendo um bom trabalho. Mas eu era obcecada pelo meu filho. Porém, me sentia inadequada, como se eu tivesse tomado a pior decisão da minha vida”.

A cantora superou a situação e conta que hoje toda sua vida gira em torno do rebento. “Desde que tive meu filho tenho sido muito cuidadosa com minha saúde. Tenho medo de tudo, porque não quero morrer, quero cuidar dele”, diz Adele, que parou de beber e fumar por causa de Angelo.

Adele é fotografada por Tom Munro para a revista 'Vanity Fair'

Adele é fotografada por Tom Munro para a revista ‘Vanity Fair’ (Divulgação/ Vanity Fair)