Ibope: prefeito de Fortaleza lidera, mas vê vantagem diminuir

Roberto Cláudio (PDT) tem 34% das intenções de voto, contra 28% de Capitão Wagner (PR). Avaliação da gestão do prefeito melhorou durante a campanha

O Ibope divulgou nesta quarta-feira uma nova pesquisa com números para a disputa eleitoral em Fortaleza. O levantamento encomendado pela TV Verdes Mares, afiliada local da TV Globo, mostra o prefeito Roberto Cláudio (PDT) com 34% e o deputado estadual Capitão Wagner (PR) com 28% das intenções de voto, empatados, portanto, no limite da margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos. No Ibope anterior, Cláudio tinha 29% e Wagner 21%.

A deputada federal e ex-prefeita Luizianne Lins (PT) manteve os 18% do último Ibope e continua na terceira posição, seguida pelo deputado estadual Heitor Férrer (PSB), que variou de 9% para 7% das intenções de voto. Férrer está empatado tecnicamente com o deputado federal Ronaldo Martins (PRB), com 3%, e, no limite da margem de erro, com o vereador João Alfredo (PSOL), que tem 1%.

Francisco Gonzaga (PSTU) e Tin Gomes (PHS), que haviam marcado ambos 1% na pesquisa anterior, não pontuaram desta vez. Brancos e nulos são 7% e 2% não sabem ou não responderam.

LEIA TAMBÉM:
Quem são os candidatos à prefeitura de Fortaleza
Datafolha: prefeito tem 32% e lidera disputa em Fortaleza
Prefeito de Fortaleza recebeu doações indiretas de subordinados

O Ibope ouviu 805 eleitores entre os dias 11 e 13 de setembro. O nível de confiança é de 95%. Isso significa que, levada em conta a margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) sob o protocolo CE-09578/2016.

Segundo turno

O Ibope fez simulações de três cenários de segundo turno na capital cearense, com os candidatos Roberto Cláudio, Capitão Wagner e Luizianne Lins.

Wagner aparece numericamente à frente de Roberto Cláudio, 43% a 42%, em um quadro de empate técnico com 12% de brancos e nulos e 3% de eleitores que não sabem ou não responderam.

O candidato do PR tem mais facilidade contra a petista: 54% a 31%, com 11% de brancos e nulos e 4% daqueles que não sabem ou não responderam.

O Ibope mostra que o prefeito teria uma vantagem maior contra Luizianne Lins no segundo turno: 54% a 28%. Brancos e nulos somaram 14% e eleitores que não sabem ou não responderam, 4%.

Rejeição

O nanico Tin Gomes lidera a medição de rejeição feita pelo Ibope. Dizem não votar de jeito nenhum no candidato do PHS 41% dos eleitores, número próximo aos 40% da ex-prefeita Luizianne Lins, cuja gestão na capital cearense, entre 2005 e 2012, é campeã de má avaliação.

Mais abaixo neste quesito vêm Francisco Gonzaga com 29%, João Alfredo, rejeitado por 26%, Roberto Cláudio, em quem 24% não votariam, Ronaldo Martins com 22%, Heitor Férrer com 20% e Capitão Wagner, menos rejeitado, com 18%.

Disseram que poderiam votar em qualquer um dos candidatos 2% dos entrevistados; 5% não sabem ou não responderam.

Avaliação do prefeito

O Ibope mostra que o prefeito Roberto Cláudio conseguiu, durante a campanha, elevar de 35% para 44% a avaliação “ótima ou boa” de sua gestão na prefeitura e reduzir de 26% para 17% a avaliação “ruim ou péssima”. A avaliação “regular” se manteve estável em 37%; 1% não souberam avaliar.