Ibope aponta empate técnico na disputa municipal em São Luís

Prefeito Edivaldo Holanda Jr. (PDT) tem 37% das intenções de voto; segundo colocado, Wellington do Curso (PP), cresceu 11 pontos e aparece com 31%

O Ibope divulgou nesta quarta-feira os novos números da corrida eleitoral à prefeitura de São Luís (MA). Encomendada pela TV Mirante, afiliada da TV Globo, a pesquisa eleitoral mostra que a vantagem do prefeito Edivaldo Holanda Jr. (PDT) em relação ao deputado estadual Wellington do Curso (PP) diminuiu. Holanda Jr. tinha 29% no último Ibope divulgado, em agosto, e agora aprece com 37%. Wellington tinha 20% e chegou a 31%. Os dois candidatos estão, portanto, empatados no limite da margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos.

Abaixo dos dois líderes vem a deputada federal Eliziane Gama (PPS), cujas intenções de voto variaram de 16% para 10%. Tanto o deputado estadual Eduardo Braide (PMN) quanto o vereador Fábio Câmara (PMDB) encolheram de 5% para 3% no Ibope. A vereadora Rose Sales (PMB) variou de 5% para 2%.

Cláudia Durans (PSTU) tinha 2% e agora aparece com 1%, mesmo número de Zeluis Lago (PPL) e Valdeny Barros (PSOL). Brancos e nulos eram 12% em agosto e agora são 8%; os eleitores que não sabem ou não responderam passaram de 5% a 3%.

LEIA TAMBÉM:
Quem são os candidatos à prefeitura de São Luís
Em São Luís, 87% do dinheiro de campanhas vêm do fundo partidário

O Ibope entrevistou 805 eleitores na capital maranhense entre os dias 10 e 13 de setembro. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, considerada a margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral da Maranhão (TRE-MA) sob o protocolo MA-00239/2016.

Segundo turno

Nas simulações de cenários de segundo turno em São Luís, Wellington do Curso aparece numericamente à frente, mas empatado tecnicamente com Edivaldo Holanda Jr.: 44% a 42%, com 10% de brancos e nulos e 5% de eleitores que não sabem ou não responderam.

O candidato do PP venceria Eliziane Gama por 56% a 25%, com 14% de brancos e nulos e 5% daqueles que não sabem ou não responderam. O prefeito também leva vantagem sobre a deputada federal: 51% a 29%, com 10% de brancos e nulos e 5% de eleitores que não sabem ou não responderam.

Rejeição

A rejeição aos candidatos também foi medida pelo Ibope. A campeã neste quesito é Eliziane Gama, em quem 27% dos eleitores ludovicenses disseram não votar de jeito nenhum.

Holanda Jr, cuja gestão é avaliada como “ótima ou boa” por 29% e como “ruim ou péssima” por 22%, é rejeitado por 26% dos eleitores. Fábio Câmara e Zeluis Lago têm 18% de rejeição cada um, Rose Sales e Valdeny Barros têm 15% cada, Cláudia Durans é rejeitada por 13%, Eduardo Braide por 11% e Wellington do Curso, o menos rejeitado, tem 8% neste quesito.

Entre os entrevistados, 4% não rejeitam nenhum dos candidatos e 18% não sabem ou não opinaram.