Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mais de 15% dos candidatos entraram em universidades com o Enem

Nas federais, de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), 31,7% dos aprovados em 2010 utilizaram as notas do exame

Entre os 1.590.212 candidatos que ingressaram no ensino superior em 2010, tanto em universidades públicas como privadas, 15,4% foram beneficiados pelas notas obtidas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Os dados fazem parte do Resumo Técnico do Censo da Educação Superior, disponível na página do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), autarquia do Ministério da Educação (MEC).

O percentual indica que 244.362 estudantes utilizaram o Enem no processo seletivo, de forma total ou parcial. A região Nordeste é que a teve o maior número de ingressantes por meio do Enem. Lá, 19,5% de todos os jovens que entraram na universidade o fizeram com a nota da avaliação federal. Em seguida aparece a região Sul, com 19%. As regiões Centro-Oeste (18,8%), Sudeste (12,7%) e Norte (10,3%) completam o mapa.

Total de ingressos em 2010 pela nota do Enem (por região)

  • Nordeste 19,5%
  • Sul 19%
  • Centro-oeste 18,8%
  • Sudeste 12,7%
  • Norte 10,3%

Fonte: INEP

Se consideradas apenas as universidades federais, o percentual total no Brasil salta para 31,7%. O número de ingressantes que utilizaram a nota do Enem foi de 79.506, de um total de 251.059 aprovados. A região Sul merece destaque neste quesito, já que 44,2% dos alunos que participaram do processo seletivo nas federais utilizaram o exame. Quando se avaliam apenas as instituições de ensino superior privadas, o Centro-Oeste do país é a região que possui o maior percentual de ingressantes via Enem, com 22,3% do total de 178.617. Depois, está o Nordeste, com 15,1%.

Total de ingressos em 2010 pela nota do Enem (por categoria administrativa)

  • Total 15,40%
  • Federal 31,70%
  • Estadual 1,90%
  • Municipal 2,40%
  • Privada 13,70%

Fonte: INEP Até 2009, o Enem era utilizado apenas como avaliação da qualidade do ensino médio. Naquele, o exame foi reformulado e passou a valer como critério de admissão em universidade públicas. Em 2011, mais de 6 milhões se inscreveram na prova. Este ano, ela será aplicada nos dias 3 e 4 de novembro. Dados gerais – Segundo o Censo da Educação Superior, 6.379.299 pessoas estavam matriculadas no ensino superior em 2010, sendo 74,2% em universidades privadas e 25,8% em instituições públicas. O número total representa mais do que o dobro do que foi registrado em 2001, quando 3.036.113 aluno estavam matriculados.

Leia também:

Curso superior a distância atinge mais de 930.000 matrículas no Brasil

Professor típico de universidade pública é homem e tem 45 anos

Raio-X do Enem: confira os conteúdos mais cobrados

Prepare-se para o Enem e os vestibulares deste ano

Nove temas da atualidade que podem cair no Enem